Casa nova

Canibalesca e apocalíptica, The 100 estreia na Warner com a primeira temporada

Divulgação/The CW

Eliza Taylor em cena da primeira temporada de The 100, que a Warner exibirá diariamente - Divulgação/The CW

Eliza Taylor em cena da primeira temporada de The 100, que a Warner exibirá diariamente

JOÃO DA PAZ - Publicado em 22/08/2016, às 04h59

Sucesso entre o público jovem, a série The 100 ganha uma nova casa no Brasil. Nesta segunda (22), a Warner passar a exibir o drama apocalíptico a partir da primeira temporada, de segunda a sexta, às 14h. A atração da rede norte-americana The CW, a mesma de Flash e Supergirl, já teve três temporadas e está com a quarta confirmada para o ano que vem.

Em The 100, o planeta Terra foi totalmente destruído após uma guerra nuclear. Somente os moradores de estações espaciais de 12 países, incluindo o Brasil, sobreviveram. O tempo passa e, 97 anos depois, os recursos no espaço ficam escassos para os mais de dois mil moradores da Arca, como é chamada a união das estações espaciais. Em uma luta desesperada pela sobrevivência, os comandantes mandam de volta à Terra cem jovens prisioneiros, para que verifiquem se há alguma forma de vida e se é possível habitá-la novamente.

O grupo de jovens, chamado de Delinquentes ou Invasores, desembarca perto de Washington, capital dos Estados Unidos. Monitorados por seus chefes na Arca, eles precisam formar uma nova comunidade. Logo, a série apresenta dois núcleos interessantes que movimentam a trama, ambos com o mesmo objetivo: manter a unidade entre si e sobreviver a todo custo.

A série, logicamente, não apresentará a história dos cem jovens terrestres. The 100 foca em seis personagens e mostra dilemas comuns de histórias apocalípticas, como quem será o líder, como lidar com as diferenças no grupo, brigas entre os mais pacíficos e os mais agressivos. Como não poderia deixar de ser, também há o típico triângulo amoroso.

A liderança fica com Clarke Griffin (Eliza Taylor), que começa a exercer sua função na Terra como médica dos Delinquentes. Ela se surpreenderá com o fato de que há, sim, vida no planeta: são os Grounders, descendentes dos humanos que conseguiram escapar do apocalipse nuclear. Eles são os principais inimigos dos jovens na primeira temporada. Outra ameaça que terão de enfrentar vem de dentro. O desespero levará alguns ao canibalismo.

The 100 estreou nos Estados Unidos há dois anos e é baseada na coleção de livros homônima, composta por três volumes _o primeiro foi publicado em 2013. Além de Eliza, a série tem como protagonistas os atores Bob Morley, que faz o anti-herói Bellamy Blake, e Ricky Whittle, no papel de um grounder chamado Lincoln. O elenco também conta com as atrizes Marie Avgeropoulos, a irmã mais nova de Bellamy, e Paige Turco, a mãe de Clarke.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você mais quer ver no BBB20?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook