Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

JEREMY TARDY

Ator de Cara Gente Branca deixa a série da Netflix e acusa estúdio de racismo

Divulgação/Netflix

Jeremy Tardy em Cara Gente Branca, série da Netflix

Jeremy Tardy em Cara Gente Branca; ator acusou estúdio de racismo e não retornará para a quarta temporada

REDAÇÃO

Publicado em 12/9/2020 - 11h47

Jeremy Tardy, o Rashid Bakr de Cara Gente Branca (Dear White People, no original), revelou que não retornará para a quarta e última temporada da série da Netflix. Ele acusou o Lionsgate, estúdio que produz a atração, de racismo. Em uma série de postagens no Twitter, o ator, que é negro, afirmou que a empresa recusou a sua contraproposta salarial, mas aceitou negociar o mesmo valor com um colega de elenco branco.

"Infelizmente não voltarei para a quarta e última temporada de Cara Gente Branca, da Netflix, por conta da minha experiência com a Lionsgate e suas práticas de discriminação racial", disse Tardy no início da mensagem.

Na rede social, o ator descreveu a série de eventos desde o começo das negociações até a sua decisão de oficializar a saída. Segundo ele, a Lionsgate fez uma oferta para que retornasse para alguns episódios do novo ano. Ao fazer uma contraproposta, no entanto, a equipe de Tardy recebeu uma negativa.

Na declaração, o intérprete de Rashid Bakr revelou que um colega de elenco branco (sem citar nomes), o qual ele chama de "verdadeiro aliado", recebeu uma proposta com o mesmo valor, mas conseguiu uma renegociação satisfatória. A empresa, porém, não quis rever o valor pedido por Tardy. "Independente dos meus créditos ou experiência", completa o ator.

Tardy também citou a formação de um grupo, ao lado de outros cinco atores negros da série, para tentarem uma renegociação salarial em conjunto. Segundo o astro, a disparidade salarial entre atores brancos e não-brancos em produções da Netflix e Lionsgate é notória e está escancarada, obrigando-os se posicionarem além de uma questão monetária.

As negociações teriam falhado, no entanto, pela tática da Lionsgate de abordar alguns integrantes do grupo separadamente para negociar um acordo. Ainda de acordo com Tardy, a atitude da produtora "impediu o coletivo de receber um processo de negociação justo e igualitário".

O ator ainda citou o movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam, em tradução livre) e o apoio dessas empresas com comunicados e doações, os quais ele descreveu como "da boca pra fora".

Tardy finalizou o texto relembrando o tema central de Cara Gente Branca e destacando a hipocrisia da produtora. "O fato que isso ocorreu nos bastidores de um programa cujo propósito é abordar problemas sistêmicos do racismo e da discriminação se mostra o grande auge da hipocrisia. Lionsgate. Netflix. Eu estou lhes vendo. Nós estamos lhes vendo".

O outro lado

Em comunicado oficial enviado ao site Deadline, a Lionsgate negou ter recusado  a contra-oferta de Tardy por racismo. Segundo a produtora, foi uma questão monetária.

"Esta foi uma negociação puramente financeira em relação aos termos do negócio. A Lionsgate está comprometida com o tratamento igual para todos os atores, independentemente de raça, sexo, idade ou orientação sexual. Estamos muito orgulhosos de Cara Gente Branca e seu lugar no debate nacional sobre igualdade racial e justiça social. Estamos ansiosos para iniciar a produção em sua quarta temporada", diz o texto.

Representantes da Netflix afirmaram à publicação que as questões envolvendo o assunto são de responsabilidade da Lionsgate.

De acordo com fontes de dentro da produção ouvidas pelo Deadline, o orçamento para a quarta temporada foi aumentado significativamente, com uma parte do valor destinada a membros recorrentes do elenco, a quem foram oferecidos aumentos. Enquanto alguns aceitaram, outros teriam declinado. Todas as negociações foram aprovadas por Justin Siemien, produtor executivo e showrunner, ao lado de Yvette Lee Bowser.

As três temporadas de Cara Gente Branca estão disponíveis na Netflix. A estreia do quarto ano está prevista apenas para 2021.

Confira abaixo as publicações feitas por Jeremy Tardy:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?