Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SBT, 35 anos

Amor proibido de padre e super-homem teen deixaram SBT à frente da Globo

Divulgação/ABC

Os atores Rachel Ward e Richard Chamberlain em cena da minissérie Pássaros Feridos - Divulgação/ABC

Os atores Rachel Ward e Richard Chamberlain em cena da minissérie Pássaros Feridos

JOÃO DA PAZ

Publicado em 19/8/2016 - 6h39

O SBT tem a tradição de rechear sua programação com enlatados, atrações compradas de canais estrangeiros. Ao lado das novelas mexicanas, as séries e minisséries norte-americanas dominam esse pacote, e muitas delas atingiram enorme sucesso nos 35 anos da emissora, completados nesta sexta (19). Algumas chegaram até a derrotar a Globo, como Pássaros Feridos, em 1985, e Smallville, 20 anos depois. Séries cult do calibre de Dra. Quinn, Miami Vice, Uma Galera do Barulho e Friends também conquistaram o carinho dos "essebetistas".

Confira lista com as dez séries mais bacanas exibidas pelo SBT em 35 anos:

A Gata e o Rato (1985-1989)

Série que colocou Bruce Willis no estrelato, A Gata e O Rato (Moonlighting) foi destaque no SBT no começo dos anos 1990, depois de já ter sido exibida pela Globo. A atração iniciou o debate sobre a necessidade (ou não) de uma série ser rotulada comédia ou drama, pois havia uma mistura dos dois gêneros, de forma bem balanceada. Tanto que Willis venceu, no mesmo ano (1987), um Globo de Ouro entre os atores de comédia e um Emmy na categoria melhor ator em série dramática. Na trama, Willis interpretava o detetive particular David Addison (Willis), que formava dupla nas investigações com a ex-modelo Maddie Hayes (Cybill Shepherd).

Dra. Quinn - A Mulher que Cura (1993-1998)

Em 1994, estreou no Brasil Dra. Quinn - A Mulher que Cura (Dr. Quinn, Medicine Woman), que virou um clássico da TV. Ambientada em 1867, a atração mostrou a história de Michaela Quinn (Jane Seymour), uma médica que decidiu abandonar Boston para trabalhar no interior dos Estados Unidos, em uma cidade típica do Velho Oeste. Lá, ela foi vista com desconfiança por ser mulher e solteira. A médica só havia conseguido essa oportunidade porque, via telegrafia, foi confundida com um homem _o empregador achava que estava conversando com um Michael Quinn. A série chegou a ser exibida diariamente no horário nobre, às 20h30.

Esquadrão Classe A (1983-1987)

Mega hit da TV, a série Esquadrão Classe A (The A-Team) estreou no SBT em 1984 e durante seis anos foi destaque da emissora. Começou a ser exibida nas noites de sexta e depois foi transferida para quarta, sempre na faixa das 21h. As chamadas da atração no SBT traziam o marcante selo "Pela 1ª vez na TV". A série de aventura trouxe quatro ex-veteranos da Guerra do Vietnã que se tornaram mercenários e trabalhavam clandestinamente em Los Angeles. A trama de Esquadrão tinha personagens que viraram ícones, como B.A. Baracus (Mr. T) e o coronel John "Hannibal" Smith (George Peppard), com seu inseparável charuto.

Friends (1994-2004)

Uma das grandes comédias de todos os tempos, Friends chegou ao SBT em 2004, com estreia marcada para logo depois do Show do Milhão, popular game show da época comandado por Silvio Santos. Dois anos depois, a série ganhou espaço na programação das manhãs de domingo. Vencedora do Emmy de 2002 pela oitava temporada, Friends apresentou as aventuras de seis amigos, três homens e três mulheres, em Nova York. A série é um ícone da cultura pop e revelou grandes atores como David Schwimmer e Jennifer Aniston.

Punky – A Levada da Breca (1984-1988)

Em 2015, nove dias antes de completar 34 anos, o SBT decidiu presentear os telespectadores ao colocar novamente no ar a série Punky, a Levada da Breca (Punky Brewster), produção que foi sucesso na emissora nos anos 1980 e 1990 (mas que não repetiu o feito desta vez). Estrelada por Soleil Moon Frye, Punky contou a história de uma garota abandonada na infância que foi adotada por um homem viúvo e carrancudo, o síndico Henry Warnimont (George Gaynes). No SBT, os personagens de Punky ganharam nomes brasileiros. Henry, por exemplo, virou Arthur. A amiga de Punky, Cherie Johnson, foi renomeada como Cátia Alves. E a avó dela, Betty, se tornou Luiza.

Miami Vice (1984-1990)

A chegada de Miami Vice ao Brasil, em meados da década de 1980, envolveu uma disputa ferrenha entre a Globo e o SBT. Ambas as emissoras estavam interessadas na série que ditou moda na época. A batalha foi vencida pelo SBT, que comprou cada episódio da primeira temporada por US$ 12 mil dólares. A estreia foi em março de 1986, em horário nobre. Miami Vice, uma das séries mais cultuadas pelo público, mostrou a rotina de uma divisão especial da polícia de Miami, chamada de Vice, que cuidava dos chamados crimes morais (apostas, drogas, prostituição).

Pássaros Feridos (1983)

A estreia da minissérie Pássaros Feridos (The Thorn Birds), no quarto aniversário da emissora (1985), foi um sucesso estrondoso: 47 pontos no Ibope na Grande São Paulo. A derrota da Globo para o SBT foi uma surpresa, fruto de uma estratégia de Silvio Santos: exibir a minissérie após Roque Santeiro, considerada uma das melhores novelas de todos os tempos. Nos Estados Unidos, a produção foi exibida dois anos antes e sofreu duras críticas do público conservador, contrário à trama que explorava o amor proibido entre um padre e uma mulher. Independentemente disso, a atração teve audiência expressiva e se tornou um clássico da TV norte-americana.

Smallville: As Aventuras do Superboy (2001-2011)

Smallville: As Aventuras do Superboy foi outra série que bateu a Globo. Ela estreou no SBT em 2004, para substituir o Programa do Ratinho, de férias. A atração sobre Clark Kent na adolescência, antes de se tornar o super-homem, alcançou a liderança quando entrou no ar aos domingos, ao meio-dia, no ano seguinte. No dia 2 de janeiro, registrou 11 pontos no Ibope da Grande São Paulo, contra 9 da Globo, que exibia Esporte Espetacular e A Turma do Didi. Mas o horário de Smallville no SBT mudou tanto que a décima e última temporada foi exibida na madrugada, por volta das 2h, em 2013.

Sobrenatural

Única série da lista que continua ativa e ainda é exibida pelo SBT, Sobrenatural (Supernatural) foi ao ar pela primeira vez na emissora em 2006, um ano após estrear nos Estados Unidos. O drama sobre dois irmãos que embarcam numa jornada contra entidades sobrenaturais conquistou o público definitivamente em 2009, quando o SBT colocou a série no horário nobre, às 21h, de segunda à sexta. Essa decisão levou o SBT à vice-liderança no horário, à frente da Record. A 11ª temporada de Sobrenatural está prestes a estrear nos Estados Unidos.

Uma Galera do Barulho (1989-1992)

Em março de 1994, Uma Galera do Barulho (Saved by the Bell) estreou no SBT, aos domingos. Dois anos depois, a atração passou a ser exibida diariamente, no começo da tarde _e depois aos sábados. A comédia Uma Galera do Barulho marcou época por ser mais do que uma mera trama sobre adolescentes em uma escola, com personagens clichês. Entre as palhaçadas da turma, temas polêmicos eram abordados, como empoderamento feminino, uso de drogas, consumo de bebidas alcoólicas, preservação do meio ambiente, entre outros. Basicamente, o que Malhação faz nos dias de hoje.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

TUDO SOBRE

Friends

SBT

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?