CARENTENERS

Amor interrompido e perrengues de quarentena viram tema de série da TV paga

Divulgação/Warner Channel

O ator Mateus Sousa como Marcos e a atriz Ana Tardivo, de máscara, como Cecília de Carenteners

Os atores Mateus Sousa e Ana Tardivo vivem o casal Marcos e Cecília na série Carenteners, na Warner Channel

FERNANDA LOPES - Publicado em 30/06/2020, às 06h38

Enquanto o mundo inteiro se modifica a cada dia, e a população encontra novas formas de viver no "novo normal", a televisão busca maneiras de retratar essa realidade distópica. É dessa tentativa que surge Carenteners, nova série da Warner Channel, que conta a história de um jovem casal cheio de perrengues para manter o amor aceso.

A atração estreia nesta terça-feira (30) e terá episódios às terças e quintas, às 21h40. Cada capítulo é curto, com cerca de cinco minutos, e toda a série foi feita pelos profissionais em suas casas, da pré à pós-produção.

A trama é centralizada em Cecília (Ana Tardivo), uma jornalista, e Marcos (Mateus Sousa), um publicitário que havia acabado de abrir um bar quando a quarentena começou na cidade de São Paulo.

Os dois se conhecem por aplicativos de relacionamento e começam a ficar, mas com as medidas de isolamento social o romance é, de certa forma, interrompido. O relacionamento se desenvolve só pelo celular e contato por redes sociais.

Carenteners lembra a mesma ideia explorada por Diário de um Confinado, série do Globoplay que também retrata a vida na quarentena: mostra perrengues das pessoas em casa, como chamadas de vídeo constrangedoras e as dificuldades de os personagens ficarem restritos só aos pequenos espaços de seus apartamentos. 

Ambas as séries parecem ter se inspirado muito em dramas que pessoas de classe média têm descrito em redes sociais, como ter de lavar compras, paranoias sobre a doença e dificuldades para construir e manter relacionamentos.

A diferença, no entanto, é que a atração do Globoplay se sobressai qualitativamente na criatividade, no roteiro, na captação e na estética das cenas, enquanto a produção da Warner se destaca nos efeitos visuais, ao contar boa parte da história mostrando telas de computador, com mensagens trocadas entre os personagens.

Numa época em que boa parte do entretenimento na TV é composto por reprises ou materiais gravados há muito tempo, Carenteners vale como um breve respiro de conteúdo inédito. A série não passa muito da superficialidade das redes sociais, mas no futuro poderá servir como registro histórico dos tempos vividos em 2020.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook