Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ALÔ, BETTY?

Verdades Secretas 2 resgata 'anjo do sexo' de filme que levantou até a batina do papa

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Deborah Evelyn como Betty olha o celular que é segurado por Maria de Medeiros, a Blanche, em cena de Verdades Secretas 2

A estilista Betty (Deborah Evelyn) com Blanche (Maria de Medeiros) em Verdades Secretas 2

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 27/10/2021 - 6h25

A vida de Betty (Deborah Evelyn) virará de ponta-cabeça nos próximos episódios de Verdades Secretas 2. Ela arrastará o modelo Mateus (Bruno Montaleone) para a cama, sem imaginar que ele também dividirá os lençóis com o seu marido e enteado. A trama é vagamente inspirada em Teorema (1968), um dos filmes mais polêmicos de Pier Paolo Pasolini (1922-1975).

Gay, comunista e profundamente católico, o cineasta italiano escandalizou a Igreja e até foi esconjurado pelo papa Paulo 6º (1897-1978) com o longa-metragem que aproximava os sermões de Jesus Cristo da filosofia de Karl Marx (1818-1883). No centro da controvérsia, estava o "anjo do sexo" interpretado por Terence Stamp.

O jovem com ares celestiais, chamado apenas de "o visitante", se envolve sexualmente com toda uma família de classe média, incluindo a empregada Emília (Laura Betti). Ela é a única capaz de ser tocada por aquela presença divina, ao contrário do patrão e da mulher, além de seus dois herdeiros. 

Os quatro burgueses se autodestroem assim que o anjo desaparece, como se ascendesse aos céus. Um fica catatônico, outro passa a pintar com as próprias fezes, o terceiro se torna ninfomaníaco, e o último dá todo dinheiro aos pobres. A doméstica, por sua vez, vira santa.

O autor Walcyr Carrasco, aliás, parece ter se esquecido apenas da funcionária ao recontar a história à sua maneira no folhetim. À primeira vista, o núcleo de Betty é bastante parecido com a estrutura familiar de Teorema --um pai milionário, Lorenzo (Celso Frateschi); o filho homossexual, Giotto (Johnny Massaro); e a filha reprimida, Irina (Julia Stockler).

REPRODUÇÃO/IMDb

O

Terence Stamp em Teorema (1968)

Eles também vão deixar se envolver e serem transformados por Mateus, que não é exatamente um anjo na segunda temporada de Verdades Secretas. A questão religiosa, que fez a Igreja Católica tirar um prêmio dado a Pasolini por O Evangelho Segundo São Mateus (1964), até o momento não é uma questão para a produção do Globoplay.

As críticas à alienação pequeno-burguesa e a fé de que apenas a classe operária ascenderá ao socialismo, ou melhor, ao paraíso também não são temas comumente abordados por Carrasco.

O novelista, por outro lado, costuma usar o repertório cultural a seu favor. A trama de Betty não seria a primeira a ser inspirada em um filme ou um livro, como foi o caso de Clara (Bianca Bina) em O Outro Lado do Paraíso (2017). A vingança teve ares de O Conde de Montecristo, de Alexandre Dumas (1802-1870).

O Cravo e a Rosa (2000) era uma adaptação de A Megera Domada, e Amor à Vida (2013) tinha um quê de Rei Lear, ambas de William Shakespeare (1564-1616). Sete Pecados (2007), por sua vez, foi abertamente inspirada em A Divina Comédia, de Dante Alighieri (1265-1321).


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Verdades Secretas e outras novelas.


Últimas de Verdades Secretas


Resumos Semanais

Resumo da novela Verdades Secretas: Capítulo de 17 de dezembro

Sexta, 17/12 (Capítulo 64) Carolina atira em vaso de decoração. Ela esfrega arma no rosto de Alex. O milionário revela que teve um caso com Angel antes de conhecê-la. Ele afirma que sempre foi apaixonado pela adolescente. Alex conta que ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.