Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das nove

Velho Chico: Tereza vira escudo humano e impede Cícero de matar Santo

Renato Rocha Miranda/TV Globo

Marcos Palmeira (Cícero), Camila Pitanga (Tereza) e Domingos Montagner (Santo) em cena - Renato Rocha Miranda/TV Globo

Marcos Palmeira (Cícero), Camila Pitanga (Tereza) e Domingos Montagner (Santo) em cena

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 18/7/2016 - 5h21

Tereza (Camila Pitanga) agirá com uma heroína em Velho Chico. Ela protegerá Santo (Domingos Montagner) e salvará a vida do amado fazendo seu próprio corpo de escudo. Cícero (Marcos Palmeira) flagrará os dois após uma transa em um depósito da fazenda de Afrânio (Antonio Fagundes). Decidido a matar o rival, o jagunço apontará sua arma para o agricultor, mas Tereza pulará na sua frente. Ela o impedirá de assassinar seu amante. 

"Se quiser matar Santo, você vai ter que atirar em mim primeiro", gritará a mãe de Miguel (Gabriel Leone). Ela caminhará na direção da arma de Cícero com valentia, se colocando como um escudo humano. "Num me bote preço pra botá cabo da vida desse maldito. Num me bote preço ninhum, Terê, que eu pago o que fô pra matá esse desinfeliz", esbravejará Cícero. 

A sequência está prevista para ir ao ar dia 30 na novela de Benedito Ruy Barbosa e Bruno Luperi. Tereza conseguirá um cliente que salvará a cooperativa da falência. Santo aparecerá na fazenda do coronel para agradecer a amada. Eles se esconderão em um depósito de frutas para transar. Quando os dois terminarem de se trocar, ainda aos beijos, ela pedirá para o agricultor ir embora. 

"Mas eu vô voltá", avisará ele. "Se não voltar, eu lhe busco", responderá Tereza, beijando o amante. Os dois estarão nesse clima apaixonado quando Cícero abrirá a porta e os flagrará juntos. "Que é que esse mal’adiçoado tá fazêno aqui?", gritará o jagunço, caminhando na direção do casal.

Tereza dirá que ele deve ir embora. "Brinque comigo, não, Terê. Quero sabê que é que esse mal’adiçoado tá fazêno c’ocê?", insistirá ele, que ficará ainda mais bravo ao ouvir Santo dizer que a patroa não deve satisfação ao empregado. "Deve, não, ôxe, deve é nada. Ocê me deve é sua vida", afirmará o jagunço, sacando a arma. 

Escudo

Tereza se desesperará e pedirá para Cícero baixar o revólver. "Se meta nisso, não, Terê. Se meta, não, que essa conta é minha com ele. Que cabra ordinário que nem ocê num merece vivê nessa terra", falará o jagunço. Ele estará prestes a disparar quando Tereza pulará na frente de sua mira. "Você não vai fazer isso, Cícero", ordenará ela. O jagunço mandará Tereza sair da frente. 

Ela afirmará que ele terá de matá-la também, e Cícero vacilará. "Você num bote ameaça pra ela, seu covarde! Se as suas conta são comigo resolva elas mais eu", dirá Santo. O agricultor tentará tirar Tereza da linha de fogo, mas ela não arredará o pé. "Para com isso, Santo! Vá embora. Se você me ama, por favor, vá embora daqui, agora", pedirá a filha do coronel.

Santo sairá revoltado, mas partirá dali. "Volte aqui, seu covarde! Volte aqui", gritará o jagunço. Tereza tentará contornar a situação. Cícero a enganará e a trancará no depósito. Ele montará em seu cavalo e irá atrás de Santo. Eles terão um embate, mas, no final, Cícero suspenderá a jura de morte. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Prêmio NTV Melhores do ano

Últimas de Velho Chico


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Quem foi o(a) melhor jornalista/comentarista esportivo do ano?

Web Stories

+
Mansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do ator

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas