Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MULHERES DE AREIA

Ruth ou Raquel? Para Gloria Pires, público preferia a vilã: 'Era quente mesmo'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Gloria Pires com expressão séria no papel de Raquel em Mulheres de Areia

Gloria Pires como Raquel, a gêmea má de Mulheres de Areia (1993); novela estreou no Globoplay

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 5/4/2021 - 6h55

A grande atração da novela Mulheres de Areia (1993), que estreou na semana passada no Globoplay, é a tensão entre as irmãs gêmeas Ruth e Raquel, interpretadas por Gloria Pires. As duas eram completamente diferentes: uma boazinha e a outra terrível. Mas, ao contrário do que era esperado, a atriz sentia certa predileção do público pela vilã.

"No caso de Ruth e Raquel, todo mundo adorava o caráter da Ruth, a maneira como ela tratava o Tonho da Lua [Marcos Frota], o namorado, a família, como ela perdoava a irmã, que fazia um monte de besteira, que a prejudicava. Mas sem dúvida nenhuma o público adorava a Raquel. Todo mundo gostava da Ruth, achava que ela era muito bacana, mas quente mesmo era a Raquel", afirmou a atriz em entrevista ao programa As Vilãs que Amamos, do canal Viva.

O ponto central de Mulheres de Areia é a rivalidade entre a gêmea boa e a má. Ruth é doce, generosa e amorosa, enquanto Raquel é invejosa, egoísta, ambiciosa e se aproveita da volta da irmã à cidade para roubar o namorado dela.

Em determinado ponto da trama, Raquel é dada como morta, e Ruth usa a oportunidade e se faz passar pela irmã (que retorna na reta final, deixando tudo ainda mais confuso).

"Quando um personagem fica só seguindo a boa moral, ele fica muito sem possibilidades. Que é interessante, dependendo muito da trama que você tenha, mas no caso de Ruth e Raquel foi perfeito, [Ruth] tinha o contraponto da irmã fazendo todas as loucuras possíveis e imagináveis", opinou Gloria Pires.

A atriz ainda contou que fez um longo trabalho de pesquisa com irmãos gêmeos para conseguir entender um pouco melhor como acontecem as dinâmicas entre eles.

"Mulheres de Areia tinha essa coisa de ter a heroína e a vilã com a mesma cara. O desafio foi diferenciar essas pessoas. Pra isso, eu fiz um trabalho longo de pesquisa com gêmeos, trazendo as situações colocadas na novela, e foi muito importante ouvir daquelas pessoas que viviam realmente essa situação de o momento em que um sacaneia o outro, um tem inveja do outro, de que forma essa jogo se dá entre eles", explicou.


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?