Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NÃO ROLOU, DE NOVO

Paixões de Gavilanes pede música no Fantástico após fracasso triplo no Brasil

REPRODUÇÃO/TELEMUNDO

Imagem de Mario Cimarro como Juan Reyes em Paixões de Gavilanes

Mario Cimarro como Juan Reyes em Paixões de Gavilanes; novela passou vergonha tripla no Brasil

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 25/5/2022 - 6h35

Amaldiçoada no Brasil, Paixões de Gavilanes já pode pedir música no Fantástico, da Globo. Na terça-feira (24), o SBT cancelou a exibição da novela e, pela terceira vez, a trama passou vergonha em território nacional. Inclusive, o primeiro "não" dessa história ocorreu na emissora de Silvio Santos, ainda no século passado.

Na década de 1990, Crayton Sarzy (1949-2014) convenceu o apresentador a comprar as novelas Maria Mercedes (1992), Marimar (1994) e Maria do Bairro (1995), que fizeram sucesso com o público brasileiro. Em seguida, Sarzy supervisionou a adaptação de Pérola Negra (1998), trama argentina que havia conquistado êxito em seu país de origem em 1994.

Segundo o jornalista Daniel Castro, publisher do Notícias da TV e repórter da Folha de S.Paulo em 1998, Sarzy havia comprado os direitos da trama colombiana Las Aguas Mansas (1994) para produzir uma versão nacional do enredo, que poderia ir ao ar em 1999. Contudo, após Pérola Negra, o SBT optou por exibir A Usurpadora (1998), e o remake nunca saiu do papel.

Paixões Ardentes (2003), como a primeira temporada de Paixões de Gavilanes foi batizada no Brasil, é um remake de Las Aguas Mansas feito para as emissoras norte-americana Telemundo e a colombiana Caracol. Fora do Brasil, a trama foi um êxito de audiência e de vendas.

Assim, em 2004, a RedeTV! começou a exibir Paixões Ardentes. No entanto, desde o primeiro capítulo, a novela apresentou baixos índices de audiência, e a trama foi tirada do ar semanas após a estreia. A novela ficou sem final, e os fãs chegaram a protocolar denúncias no Procon-SP.

Imagine que, quase vinte anos depois, a Globo decidisse fazer uma continuação de Avenida Brasil (2012). Foi isso que a Telemundo fez em 2021, quando anunciou a segunda temporada de Paixões Ardentes. Contudo, enquanto a primeira leva de episódios tem êxitos no currículo, a segunda só acumula vexames.

Nos Estados Unidos, a nova temporada decepcionou na audiência e perdeu para a novela turca Madre (Anne), exibida no mesmo horário pela concorrente Univision. A situação é tão feia que, em vez de ser substituída por uma nova produção latina, Paixões de Gavilanes terá seu horário ocupado por folhetins turcos na próxima semana, quando a novela chegará ao fim.

Mesmo com o sinal vermelho, Paixões de Gavilanes desembarcou no Brasil e criou um buraco na audiência do SBT. Na segunda-feira (23), a novela registrou apenas 1,2 ponto de média na Grande São Paulo e chegou a atingir picos negativos de 0,8. Após a exibição de sete capítulos, o folhetim deixou a grade da emissora. A partir desta quarta-feira (25), o horário será preenchido pela reapresentação de Esmeralda.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.