Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Novela das onze

Os Dias Eram Assim: Ernesto confessa que assassinou Arnaldo para se vingar

Reprodução/TV Globo

José de Abreu (Ernesto) em cena de Os Dias Eram Assim; ex-militar é assassino do vilão - Reprodução/TV Globo

José de Abreu (Ernesto) em cena de Os Dias Eram Assim; ex-militar é assassino do vilão

REDAÇÃO

Publicado em 31/8/2017 - 6h59

Ernesto (José de Abreu) confessará que é o assassino de Arnaldo (Antonio Calloni) em Os Dias Eram Assim. Na reta final da trama das onze, será revelado que a morte do empresário foi resultado de um crime, e haverá vários suspeitos, inclusive Vitor (Daniel de Oliveira), mas o ex-militar se acusará para livrar Gustavo (Gabriel Leone) de uma armação.

Ao saber que a morte do pai de Alice (Sophie Charlotte) está sendo investigada, Amaral (Marco Ricca) procurará Vitor para tomar uma providência. "Precisamos conversar sobre outro assunto. A investigação da morte do doutor Arnaldo", anunciará o delegado ao comparsa.

"Não tenho nada com isso", retrucará o advogado. "Todos temos. De um jeito ou de outro. Doutor Vicente [Carlos Vereza] abriu o bico, falou o que não devia, desencavou o maldito laudo. Agora a gente tem um problema pra resolver", explicará Amaral.

"Eu estava nos Estados Unidos quando o velho empacotou. Não tenho medo de nada", rebaterá o filho de Cora (Susana Vieira). "O médico disse que você se recusou a exumar o corpo. Como vai explicar isso? Vai acabar se enrolando", afirmará o delegado.

Com isso, a solução que os vilões encontrarão será armar para que Gustavo leve a culpa pela morte do empresário, já que ele fez um protesto no velório e também entrou na mira como suspeito.

Após a prisão do ativista, Ernesto contará a Vera (Cassia Kis) que ele é o verdadeiro culpado, de acordo com informações da colunista Carla Bittencourt, do jornal Extra.

"Quando soube que o responsável pela morte da minha filha foi Arnaldo Sampaio, não o delegado... Pelas minhas fontes, havia indícios que o Arnaldo começou a praticar as torturas também, o velho sádico, poderoso", começará o ex-militar.

"Descobri que ele estava internado e fui até lá, foi um impulso. Disse a mim mesmo que ia fazer ele confessar, implorar por perdão, como se isso bastasse. Consegui chegar até o quarto sem que ninguém me visse e me deparei com o canalha, deitado, longe de ser o homem que causou tanto mal, tanta dor. Uma morte natural não faria o menor sentido, iria embora em paz. Por isso me revoltei, agi. Vou carregar este peso pro resto da vida", contará Ernesto.

Últimas de Os Dias Eram Assim


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?