Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TAPA NA CARA

O Cravo e a Rosa: Joana descobre farsa e humilha Batista com escândalo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Tassia Camargo, caracterizada como Joana, tem a expressão angustiada em cena de O Cravo e a Rosa

Mesmo sofrendo, Joana (Tassia Camargo) humilhará Batista (Luís Melo) ao descobrir farsa

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 22/4/2022 - 14h09

Joana (Tassia Camargo) arrancará a máscara de Batista (Luís Melo) e armará um escândalo em O Cravo e a Rosa. A lavadeira descobrirá que o marido é um banqueiro rico --até então, ele fingia ser um pobre caixeiro-viajante. Furiosa, ela invadirá o palacete do homem e chegará a dar um tapa na cara dele na novela da Globo.

Berenice (Bernadeth Lyzio) decidiu investigar o marido da vizinha no capítulo da última quarta-feira (20). Ela não se conformou ao ver Manoel --nome falso adotado pelo banqueiro-- largar a mulher sem nenhuma explicação. As pistas levarão a mulher ao palacete do ricaço. Ela encontrará um retrato dele e desvendará toda a farsa em cenas que irão ao ar na próxima semana.

A personagem, então, procurará a amiga e contará tudo o que descobriu: que Batista é um homem rico, viúvo e membro da alta sociedade paulistana. Ele também tem aspirações políticas, e, por isso, grande estima pela sua reputação. Esse é o motivo de ele não ter assumido o relacionamento com a mulher pobre. Os líderes de seu partido poderiam vê-lo com maus olhos e o tirarem da corrida eleitoral. 

Mas Joana não comprará a justificativa. O problema não será ter sido mantida nas sombras, mas as inúmeras mentiras durante dez anos. Se o pai de Catarina (Adriana Esteves) tivesse contado a verdade para ela, a mulher se esforçaria para entender. E mais: ele simplesmente manteve a família na pobreza. Não usou uma migalha da sua fortuna para pagar os estudos dos filhos, Fátima (Thais Müller) e Jorginho (João Cappeli). 

Com fogo nas ventas, a mulher invadirá o palacete do banqueiro no primeiro horário da manhã seguinte. Mimosa (Suely Franco) até tentará impedi-la, mas não terá jeito. O banqueiro, ainda sonolento, descerá as escadas e dará de cara com a mulher. Não terá tempo nem de concluir que se ferrou, porque, quando se der conta, já terá levado um tapa na cara. Ela berrará pela casa, jogando verdades na cara do homem.

Você acha justo sacrificar seus filhos para esconder sua verdadeira identidade? Todo Natal, durante anos, a sua filha queria uma boneca de porcelana, e eu não pude dar... Como eu fui burra! Agora estou aqui, pensando em tudo o que aconteceu. A catapora, os seus deslizes, a sua insistência em não deixar a minha filha vir aqui. Estava na minha cara, e eu não quis ver. Eu te amava, eu teria dado a minha vida por você!

Do andar de cima, Bianca (Leandra Leal) ouvirá tudo. A mocinha correrá para contar a história para Catarina, e a feminista convencerá Joana a seguir um plano para ferrar o pai.

A lavadeira deixará que as crianças passem um tempo na fazenda de Petruchio (Eduardo Moscovis). Quando o banqueiro procurar pelos filhos, a mulher fingirá que abandonou os pequenos na rua. Assim, o ricaço sofrerá com a consciência pesada.

Escrita por Walcyr Carrasco e dirigida por Walter Avancini, O Cravo e a Rosa foi ao ar pela primeira vez em 2000. O folhetim bateu recorde em sua última reapresentação no canal Viva.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em O Cravo e a Rosa e em outras novelas:


Últimas de O Cravo e a Rosa

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.