Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

É O AMOR!

O Cravo e a Rosa: Catarina seduz Petruchio e o arrasta para a cama

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Adriana Esteves, caracterizada como Catarina, tem a expressão angustiada --as sobrancelhas estão arqueadas, e a boca, aberta-- em cena de O Cravo e a Rosa

Catarina (Adriana Esteves) perceberá que sente falta dos beijos de Petruchio (Eduardo Moscovis)

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 30/3/2022 - 14h03

Catarina (Adriana Esteves) perceberá que ama Petruchio (Eduardo Moscovis) nos próximos capítulos de O Cravo e a Rosa. A feminista confessará seus sentimentos em uma conversa com Dinorá (Maria Padilha). Ela e a amiga bolarão um plano para a "fera" seduzir o "grosseirão" e arrastá-lo para a cama na novela reapresentada pela Globo.

O casamento dos protagonistas foi apenas no papel, uma vez que a mulher exigiu não ter nenhuma intimidade com o marido. Tudo não passou de um acordo: Petruchio precisava do dote da ricaça para pagar as dívidas da fazenda; a feminista, por sua vez, pretendia ver Bianca (Leandra Leal) feliz.

A caçula sempre sonhou em formar uma família, mas era impedida por Batista (Luís Melo). O banqueiro exigia que a filha mais velha se casasse antes da mais nova. A loira, então, foi falsamente diagnosticada com sopro no coração --um plano sujo da própria Dinorá.

Com isso, Catarina se desesperou e aceitou se casar com o produtor de queijos. Ainda assim, ela jurava que não tinha nenhum sentimento por ele. A convivência conturbada --em que o marido lhe negou até comida-- só piorou a situação.

Entretanto, os constantes beijos roubados, a divisão da mesma cama e as brigas domésticas amoleceram o coração da primogênita de Batista. Confusa, ela procurará Dinorá para desabafar. "Eu estou gostando do grosseirão. Não sei como isso pode ter acontecido comigo", dirá a feminista, aflita.

A vontade que eu tenho é de quebrar um vaso na minha cabeça. Eu nunca pensei que pudesse gostar dele. Mas é que de um tempo pra cá, ai... Ele nunca mais tentou me beijar, e eu sinto falta. Quando ele chega em casa, ele nem sequer segura na minha mão. Dinorá, eu estou sentindo falta dele.

A mulher de Cornélio (Ney Latorraca) ficará chocada. Ela imaginará que a amiga está doente e até sugerirá chamar um médico. Catarina, porém, ignorará totalmente a angustia da mulher.

Catarina (Adriana Esteves) se frustrará com plano de sedução

Catarina se frustrará com plano de sedução

"Sabe o que eu quero? Eu quero que o meu casamento vire um casamento de verdade. Dinorá, eu não tenho experiência nessas coisas. Você, que é casada, me diga... O que eu faço?", perguntará a ricaça.

A dondoca aconselhará a amiga a aguardar o roceiro tomar uma atitude. A "fera", porém, não é acostumada a esperar por nada. "Já que você não me dá um conselho que preste, eu vou seguir meu plano. Eu mandei lavar e passar a minha melhor camisola. Aí, eu vou tomar um banho, toda perfumada e vou deitar abraçada nele", confidenciará.

"E se ele não tomar nenhuma atitude?", questionará a amiga trambiqueira, torcendo para que o plano não funcione --afinal, ela é aliada de Marcela (Drica Moraes), que deseja que o casamento dos dois chegue ao fim. "Eu quebro a cabeça dele", afirmará a irmã de Bianca.

De fato, Petruchio não fará nada. Ele nem notará o cheiro e as vestes da mocinha, já que entrará no quarto, deitará na cama e cairá em um sono profundo. A mulher ficará desolada, mas não quebrará nada. 

Escrita por Walcyr Carrasco e dirigida por Walter Avancini, O Cravo e a Rosa foi ao ar pela primeira vez em 2000. O folhetim bateu recorde em sua última reapresentação no canal Viva.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em O Cravo e a Rosa e em outras novelas:


Últimas de O Cravo e a Rosa

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.