INSPIRADO EM RACISMO

Fiel escudeiro em Êta Mundo Bom!, JP Rufino vira poeta de Instagram na quarentena

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator JP Rufino como o personagem Pirulito na novela Êta Mundo Bom!, da Globo

JP Rufino como o Pirulito de Êta Mundo Bom!; ator usa racismo como inspiração para criar poemas

REDAÇÃO - Publicado em 26/06/2020, às 09h53

Intérprete do fiel escudeiro de Candinho (Sergio Guizé) em Êta Mundo Bom!, JP Rufino virou um poeta de Instagram durante a quarentena. Vítima de racismo em boa parte de sua vida, o ator, que vive Pirulito na reprise do Vale a Pena Ver de Novo, tem transformado a dor em poesias compartilhadas em seu perfil na rede social.

"Estou cansado de andar com um alvo nas costas. Porque as pessoas agem desse jeito. As pessoas são preconceituosas e racistas. Eu imploro por todos nós. Respeito", escreveu o artista recentemente. 

No início do ano, o ator expôs comentários racistas que vinha recebendo nas redes sociais. "Expus, e se houver mais vezes, irei expor [de novo]. Não concordo que alguém possa agredir pessoas que não conhece e isso ficar assim mesmo. Sim, o mundo está digital, mas precisa ter coerência e consciência para acrescentar o melhor, mas isso não vem acontecendo", afirmou JP em entrevista ao jornal Extra.

"Eu não posso me calar diante desses absurdos. Sempre usarei minha voz em prol do que precisa ser enxergado e mudado!", completou o ex-astro mirim, que completa 18 anos em setembro.

Filho da produtora de moda Martha Cris e do integrante do grupo de pagode Revelação, JP Rufino cresceu disposto a expressar os ideais ensinados em casa. "A minha arte me dá um espaço de maior visibilidade no que falo e isso é muito bom! Tenho a chance de ser ouvido por mais pessoas, então que eu seja o porta-voz dos que pensam como eu e não tem esse espaço", avaliou ele.

Além do preconceito, Rufino também aborda em seus poemas a pandemia do coronavírus (Covid-19) enfrentada pelo mundo inteiro. Para superar esse momento difícil, ele torce para que a sociedade cumpra seu papel. 

"Muitas vidas perdidas, muita dor. Vamos ser solidários aos que necessitam. Vamos respeitar as dores, mesmo que não seja de alguém de sua proximidade. O momento é de total conscientização. Não se deixe levar à uma guerra política. O que temos de maior valor é a vida!", finalizou o jovem.

Confira algumas poesias compartilhadas por JP Rufino no Instagram: 

 
 
 
View this post on Instagram

A post shared by JP RUFINO (@jprufino1) on

 
 
 
View this post on Instagram

💭📝

A post shared by JP RUFINO (@jprufino1) on

Últimas de Êta Mundo Bom!

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook