Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

JÚLIA OLLIVER

Ex-chiquitita desabafa sobre frase racista de Silvio Santos no SBT: 'Desnecessário'

REPRODUÇÃO/SBT E REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem de fotos de Júlia Olliver como Pata em Chiquititas (2013) e em publicidade para seu Instagram

Júlia Olliver como Pata em Chiquititas (2013) e em publicidade para seu Instagram: fim em polêmica

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 13/10/2020 - 7h10

Seis anos após ouvir uma frase racista de Silvio Santos, Júlia Olliver, a Pata em Chiquititas (2013), ainda recebe comentários sobre a falha do ex-patrão, que fez piada de seus fios crespos. Em 2014, ao participar do Teleton e ser entrevistada pelo dono do SBT, ela foi questionada sobre o que queria ser quando crescer. A menina respondeu que seria "atriz ou cantora". "Mas com esse cabelo?", perguntou o comunicador, rindo em seguida. Agora, aos 17 anos, a adolescente resume a situação. "Desnecessário", desabafa.

Naquele ano, o comunicador foi acusado de racismo. Na época, a artista mirim usou suas redes sociais para dizer que não ficou chateada. Sua mãe, Jane Olliver, foi quem se pronunciou sobre o assunto. Para muitos, o caso foi minimizado pela atriz.

No fim de 2019, Júlia voltou a dizer que não tinha nada a reclamar sobre o fato. Em um longo texto publicado em seu Instagram, falou sobre perdão e, inclusive, pediu um emprego no SBT.

"Na época, eu não entendi [a frase]. Eu era muito nova, e o baque não veio para mim. Foi para cima da minha mãe. Depois de um tempo, a gente cresce e começa a entender as coisas. Eu recebo perguntas desse tipo todo dia praticamente. Então, chegou uma hora que falei: 'Chega. Preciso dar meu posicionamento e falar a real'. Falar o que senti e dar um ponto-final nisso", conta ela ao Notícias da TV.

"E foi o que fiz. Falei: 'Gente, eu não entendia'. Não adianta ser hipócrita agora e meter o pau, falar coisas ruins sendo que, na época, eu não entendi o que aconteceu. Eu tinha 10 anos. São coisas que você passa a entender quando é maiorzinha", completa.

Mesmo sem mágoas do dono do SBT, Júlia admite que, hoje, quando revê o vídeo, tem uma outra interpretação. "Concordo com muitas coisas que o pessoal falou. Realmente, é complicado vendo agora. Mas não adianta ser hipócrita de falar que, na época, fiquei chateada. Para mim, foi simplesmente uma pergunta", pondera.

"Mas hoje, realmente, é um outro pensamento. Depois de tudo, vi o vídeo e falei: 'Que desnecessário o que ele falou'. Mas vida que segue. Com esse cabelo estou aqui até hoje. Estou trabalhando e fazendo minhas coisas. Por esse cabelo várias crianças deixaram de alisar os fios. Foi por causa desse cabelo", frisa.

Atriz, cantora e influenciadora digital

Atualmente, Júlia segue na carreira de atriz. E, assim como grande parte das ex-chiquititas, também é cantora, influenciadora digital e youtuber. "Estou preparando algumas músicas para lançar. A vida segue com esse cabelo. Só que o SBT ainda não me contratou de novo (risos)", diverte-se.

Em breve, ela poderá ser vista em um longa-metragem. Assim que a flexibilização da pandemia permitiu, ela foi chamada para rodar um filme. "Filmamos agora na quarentena. Mas a gente teve que fazer teste [de Covid-19] e tomou todos os cuidados possíveis", conta.

Durante o isolamento social, a adolescente também confere a reprise de Chiquititas no SBT. Aliás, ela confessa que é a primeira vez que está vendo os capítulos na íntegra. "Eu nunca tinha parado para assistir. Eu chegava tarde em casa [das gravações] e tinha que fazer as coisas da escola", relembra.

"E na outra reprise, eu estava com vários trabalhos. Só estou conseguindo mesmo assistir agora por causa da quarentena. Tem cenas que eu nem lembro que gravei (risos). É muito legal reviver depois de tanto tempo", declara.

Nas redes sociais, Júlia sentiu uma animação graças aos chiquifãs. "A repercussão está enorme. As crianças sempre vão estar nas minhas redes, no meu convívio por conta da Pata. É uma delícia. Tem umas [crianças] que não eram nem nascidas quando passava no SBT [em 2013], outras assistem pela Netflix", detalha.

"Acho que Chiquititas abrange vários públicos, das crianças às vovós. É uma história que tem vários personagens, e o pessoal se identifica. Eu, por exemplo, acho a novela muito legal. Não é só porque eu fiz. Mas acho legal a trama ensinar muitas coisas. A família inteira pode assistir, porque contagia e tem as músicas. Até hoje, dependendo do lugar, as pessoas pedem para eu cantar (risos)", entrega.

É na internet que a jovem atriz atende aos pedidos de seus fãs. Ela tem respondido perguntas dos telespectadores e criado conteúdos curiosos sobre a novelinha. Em recente publicação, por exemplo, se transformou na Pata novamente, com direito à roupa original do Orfanato Raio de Luz. Para espanto dela e dos internautas, o figurino ainda serve perfeitamente.

Veja publicações de Júlia Olliver sobre Chiquititas:


Últimas de Chiquititas


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?