Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

QUESTÃO DE SAÚDE

Menopausa precoce como a de Naiara Azevedo pode causar doenças graves

Reprodução/Instagram

Sentada em um sofá, vestida com uma blusa branca, Naiara Azevedo sorri para a câmera

A cantora Naiara Azevedo descobriu que tem pré-disposição para menopausa precoce

MARÍLIA BARBOSA

marilia@noticiasdatv.com

Publicado em 13/10/2020 - 6h50

A cantora Naiara Azevedo descobriu recentemente que tem pré-disposição para menopausa precoce. Aos 30 anos, a sertaneja do hit 50 Reais ficou sabendo que o distúrbio reduz a produção de folículos, o que leva à falência dos ovários. Porém, não é só isso que o diagnóstico pode causar. Uma mulher que sofre de menopausa precoce tem mais chances de desenvolver doenças graves, como doença de Parkinson, demência, osteoporose e atrofia vaginal.

"A deficiência do estrogênio pode causar uma diminuição da densidade óssea. Além disso, ele é o principal hormônio que atua na vagina, e a sua ausência causa o ressecamento do revestimento vaginal. A pessoa também tem maior risco de apresentar transtornos do humor, doença de Parkinson, demência e doença arterial coronariana", explica a ginecologista Polyanna Pereira de Azevedo ao Notícias da TV.

Naiara consultou médicos especialistas na área de ginecologia para lhe dar suporte, e eles a aconselharam a congelar seus óvulos caso deseje engravidar no futuro. Entretanto, não é todo mundo que consegue esse tipo de atendimento.

Ao pesquisar sobre o assunto na internet, por exemplo, percebe-se que muitas pessoas procuram pelo termo de forma equivocada. Na maioria dos casos, o problema é relacionado a um distúrbio hormonal. Mas, na verdade, trata-se da falência de folículos do ovário, uma condição irreversível por não existir mais a produção hormonal.

"Existe outra situação conhecida no meio médico como falência ovariana prematura, que é caracterizada pela diminuição do número de folículos [óvulos], e é isso que gera uma alteração hormonal", afirma Polyanna.

Naiara Azevedo tem 30 anos e congelou os óvulos (Reprodução/Instagram)

Os primeiros sintomas podem aparecer de diferentes modos. Ou quando a mulher interrompe o uso da pílula anticoncepcional para tentar engravidar, ou quando ela desenvolve um mal-estar recorrente.

"Ela pode ser assintomática, sobretudo pacientes que fazem uso de anticoncepcional oral por longo período. Quando interrompem a cartela para tentar engravidar, não conseguem. Então, é feito o diagnóstico. Outras apresentam os mesmos sintomas da menopausa natural: ondas de calor que aparecem subitamente e duram de cinco a 30 minutos, acompanhadas de suor intenso e desconforto", completa a médica.

Ciclo menstrual desregulado também pode ser um sintoma da menopausa precoce: "Há a oscilação de meses com fluxo menstrual abundante, mas outros meses sem sangramento no período menstrual".

Causas

A ginecologista afirma que são inúmeras as causas de menopausa precoce.  "Anomalias genéticas (síndrome de Turner e a síndrome do cromossomo X frágil), doenças autoimunes (tireoidite, vitiligo e miastenia grave), processo de quimioterapia e radioterapia, uso de toxinas e medicações", pontua.

A mulher jovem que passa por procedimentos cirúrgicos em casos de tumores e cistos também pode perder a preservação ovariana, o que leva à menopausa precoce.

Qual o tratamento?

Segundo a ginecologista, o tratamento deve ter início depois que a mulher decide se pretende gerar um bebê.

"Para aquelas que querem engravidar, o método de escolha é a fertilização in vitro, com ovodoação, na maioria dos casos, devido a não produção de óvulos pela paciente menopausada. Já as mulheres que não desejam engravidar se beneficiam do tratamento da reposição hormonal, seja por via oral, transdérmica ou através dos implantes hormonais subdérmicos, os chips."

Mas, atenção: a mulher que apresenta um cromossomo Y precisa retirar os ovários para diminuir o risco de ter câncer no órgão. "A terapia hormonal também costuma ser recomendada para essa mulher até ela alcançar a idade média da menopausa", diz.

TUDO SOBRE

Naiara Azevedo


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?