Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CONFUSÃO

'Eu morri na novela, mas continuo sendo lembrada', dispara Aline Riscado

REPRODUÇÃO/RECORD

Aline Riscado em participação como Luciana em Topíssima; personagem foi assassinada na novela - REPRODUÇÃO/RECORD

Aline Riscado em participação como Luciana em Topíssima; personagem foi assassinada na novela

GISELE ALQUAS

Publicado em 6/6/2019 - 13h57

Aline Riscado está comemorando a repercussão, mesmo que tardia, da morte de sua personagem, Luciana, assassinada no capítulo de estreia de Topíssima, em 21 de maio. Atores da novela da Record publicaram fotos em que seguravam cartazes com a frase "Quem matou Luciana?", mas os internautas se confundiram e acreditaram que quem havia morrido era a própria ex-bailarina do Faustão. "Eu morri na novela, mas continuo sendo lembrada o tempo todo", afirma a atriz ao Notícias da TV.

Atores como Cristiana Oliveira, Juliana Didone e Felipe Cunha, todos no elenco da trama de Cristianne Fridman, divulgaram cartazes em suas redes sociais com os dizeres "Quem matou Luciana?", em referência à personagem de Topíssima.

Só que muitos seguidores não entenderam que se tratava de uma campanha de divulgação e passaram a lamentar a "morte" de Aline Riscado. A atriz só se deu conta do burburinho depois de, coincidentemente, postar uma foto em que na parede ao fundo apareciam asas de anjo.

"Escrevi 'angel' na legenda e, nesse dia da divulgação, gravei o Vai que Cola. Parei para ver o celular e comecei a ler comentários de 'descanse em paz'. Falei: 'Credo, que energia ruim que estão jogando apenas porque postei uma foto com asa'. Só depois que entrei no Twitter vi toda a repercussão. Eu me diverti", diz ela, aos risos.

"Eram muitas mensagens de 'descanse em paz, tadinha, tão nova, o que está acontecendo com o mundo que está todo mundo morrendo'. Não me preocupei em momento algum, até porque estou viva e cheia de saúde. Tenho muito ainda o que fazer aqui na terra e esse momento [de morrer] não vai chegar tão cedo", avisa.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Cristiana Oliveira, Felipe Cunha e Juliana Didone exibem cartazes promovendo Topíssima


Entenda a confusão

Na terça-feira (4), atores de Topíssima divulgaram cartazes em suas redes sociais com os dizeres "Quem matou Luciana?". Muitos seguidores não entenderam e passaram a lamentar a "morte" de Aline Riscado.

Cristiana precisou avisar que se tratava de uma novela quando a seguidora Stefany Teles se mostrou inconformada com a "morte" da ex-bailarina do Domingão: "Senhor não acredito, esse mundo está precisando de mais amor no coração, como pode matar pessoas tão boas?". "Querida, isso é uma novela!", respondeu a atriz.

Um dos motivos da confusão é que boa parte dos seguidores desses artistas não estão acompanhando a novela da Record. "Cris, você está no elenco?", questionou Luciana Senem a intérprete de Lara Alencar. "Querida, estreou no dia 21 de maio. Às 19h45, na Record", respondeu Cristiana.

Veja a foto de Aline Riscado com "asas de anjo" e que causou comoção:  

Ver essa foto no Instagram

Angel 😇 🤷🏽‍♀️

Uma publicação compartilhada por ALINE RISCADO 🅰️➕ (@aline_riscado) em

Últimas de Topíssima


Resumos Semanais

Resumo da novela Topíssima: Capítulo de 6 de dezembro

Sexta, 6/12 (Capítulo 144)
Inês curte a fama de herói de Edevaldo. Os estudantes organizam um casamento coletivo e convidam Dagoberto para padrinho. Paulo Roberto tenta subornar o diretor do presídio, mas é humilhado. Pedro ameaça os outros presos. Com ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Meghan Markle completa 40 anos: Veja cinco papéis da duquesa de Sussex na TV e no cinemaLonge de Hollywood: Veja como estão os atores de O Diário da PrincesaDe vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas Olimpíadas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Galvão Bueno merece ganhar um programa aos domingos na Globo?