Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

BANHO DE ÁGUA FRIA

Éramos Seis: Emília deixa Adelaide arrepiada ao revelar 'maldição' da família

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Susana Vieira, de cabelos soltos, vestida de preto, caracterizada como a Emília em cena de Éramos Seis

Susana Vieira interpreta a preconceituosa Emília na novela das seis: megera impedirá romance entre primos

DANIEL FARAD

Publicado em 12/12/2019 - 5h18

Emília (Susana Vieira) será capaz de tudo para separar Adelaide (Joana de Verona) de Alfredo (Nicolas Prattes) em Éramos Seis. Além de pressionar Lola (Gloria Pires) para manter o encrenqueiro bem longe de sua herdeira, a viúva assustará a jovem ao revelar que ela não pode engravidar do rapaz, já que uma espécie de maldição paira sobre família.

Preconceituosa, a viúva chegará a afirmar que os distúrbios mentais de Justina (Julia Stockler) são um castigo que caiu sobre os seus descendentes em cena que será exibida na próxima quarta-feira (18) no remake de Angela Chaves.

A milionária descobrirá o romance dos dois ao precisar libertar a garota da cadeia. Ela será detida ao lado do irmão de Carlos (Danilo Mesquita) após dar uma lição no comerciante que tentou abusar de Isabel (Giullia Buscacio).

Mesmo chocada com a revelação, a madame dará uma carona para o sobrinho até a sua residência na avenida Angélica. "Não é a primeira vez que lhe trago em casa depois de uma confusão armada. Quero falar com sua mãe", ordenará ela.

JOÃO MIGUEL JÚNIOR/TV GLOBO

Alfredo (Nicolas Prattes) e Adelaide (Joana de Verona) no remake de Angela Chaves: paixão

A ricaça alertará a matriarca dos Lemos sobre as arruaças de seu filho e exigirá que a dona de casa o mantenha bem longe da prima. "Agora o que interessa para mim é ser clara. Não vou tolerar Alfredo com minha filha. Não só pela abissal diferença social que nos separa, mas porque tem laços sanguíneos", disparará a senhora.

Ela ameaçará até mesmo parar de ajudar Lola se pegar o casal junto mais uma vez. "Não o deixe se aproximar de Adelaide. Ou cortamos as relações", intimidará a megera interpretada por Susana Vieira.

Doenças inexplicáveis

De volta à mansão na rua Guaianases, Adelaide enfrentará a mãe e afirmará com todas as letras que não pretende se afastar do mecânico. "Não imagina o alívio em saber que não sou a única rebelde por aqui", debochará a jovem moderninha.

Séria, Emília assombrará a filha afirmando que coisas terríveis se abateram sobre os casamentos consanguíneos de seus parentes. "Não vê que essa união não é saudável? Temos casos de doenças inexplicáveis na família", amendrontará a víbora.

A viúva deixará a filha arrepiada com a ameaça, mas Adelaide fará questão de mostrar que não concorda com os seus preconceitos. "Nossa, foi longe. Já está imaginando seus netos. Tem medo que me case, tenha filhos… Como a Justina? É esse o seu medo?", questionará a filha rebelde.

"E se for? Estaria errada?", devolverá a madame, colocando um ponto final na discussão na novela das seis da Globo.


Além de acompanhar o resumo de Éramos Seis aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.

Últimas de Éramos Seis


Resumos Semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e comunica ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?