QUEIMOU A LÍNGUA

Éramos Seis: Doente e acamado, Júlio fica de queixo caído com ajuda inesperada

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Gloria Pires caracterizada como Lola e o ator Antonio Calloni, na pele de Júlio, está na cama com um copo de leite na mão

Lola (Gloria Pires) se desesperará quando Júlio (Antonio Calloni) cair de cama por conta de fortes dores

DANIEL FARAD - Publicado em 05/11/2019, às 03h53

Uma forte úlcera colocará Júlio (Antonio Calloni) de molho em Éramos Seis. Mesmo acamado, o vendedor de tecidos insistirá em trabalhar, apesar dos protestos de Lola (Gloria Pires). Ele só procurará um hospital depois de ser surpreendido por um gesto de gentileza de Assad (Werner Schünemann).

O turco oferecerá um prêmio de dois contos de réis ao funcionário pelos 20 anos de trabalhos prestados. Com dinheiro para pagar pelas despesas médicas e o suficiente para mais uma prestação da casa, o mercador finalmente buscará socorro.

As cenas serão exibidas a partir da próxima terça-feira (12) no remake de Angela Chaves. Já com a saúde fragilidade por conta das exaustivas discussões com Alfredo (Nicolas Prattes), o mercador sentirá uma dor aguda no estômago. Ele começará a se curvar e a se contorcer, deixando a família desesperada.

Prestes a se formar médico, Carlos (Danilo Mesquita) examinará o pai e constatará que ele está gravemente doente. "Não é como das outras vezes! A crise é muito forte. Melhor que saiba de uma vez. O caso é grave, muito grave. Ele não está nada bem", afirmará o estudante.

Cabeça-dura

Turrão, Júlio não aceitará ser levado ao hospital. "Quem sabe da minha dor sou eu. Vão me internar para fazer exame? Ora, para quê? Faço depois. Internação dá despesa. E ainda perco dinheiro faltando ao trabalho, quem cobre isso, Lola?", reclamará o negociante.

"Eu explico para seu Assad [Werner Schünemann], ele vai entender", responderá a dona de casa, sem conseguir convencer o marido. "Entende, mas desconta o dia, e ainda fico sem comissão. Eu não posso me dar o luxo de ficar fora de combate", rebaterá o patriarca dos Lemos.

Ele acabará queimando a língua quando Julinho (André Luiz Frambach) aparecer com um pequeno presente que o patrão enviou ao empregado. "O pai ganhou um bônus do seu Assad, por ser o funcionário mais antigo da firma. Não é muito, mas dá para o gasto", revelará o rapaz.

Lola ficará em choque ao pegar o cheque. "Como não é tanto, Julinho? Dois contos! Talvez seja a salvação do seu pai. Um dinheiro desses caído do céu, logo agora", comemorará ela, que enfim convencerá o teimoso a procurar uma instituição médica. "Vamos para o hospital então, né?", dirá, triunfante.

O comerciário fará uma última exigência. "Não deixe eles me levarem naquela gaiola… A ambulância parece uma gaiola, Lola. Por favor, de ambulância não quero ir", pedirá o personagem de Antonio Calloni na novela das seis.


Além de acompanhar o resumo de Éramos Seis aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.

Últimas de Éramos Seis

Resumos semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 20 a 30/11

Quarta, 20/11 (Capítulo 45)
Justina tem uma crise e é contida pelos médicos. Emília se preocupa. Almeida beija Clotilde. Lola aceita a ajuda de Afonso, mas se culpa por mentir para Júlio. Lili e Soraia se enfrentam por causa ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook