Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DESTAQUE DA SEMANA

Em A Favorita, Donatela implanta até chip para detonar Flora: 'Vadia'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Claudia Raia, caracterizada como Donatela, tem a expressão angustiada em cena de A Favorita; os olhos estão cheios de lágrimas

Donatela (Claudia Raia) fará de tudo para detonar a rival, mas perderá a filha em A Favorita

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 22/5/2022 - 4h50

Donatela (Claudia Raia) seguirá firme no plano de chutar Flora (Patricia Pillar) para bem longe em A Favorita. A nova estratégia da perua será implantar um chip na bolsa da rival. Assim, ficará a par de todos os passos da loira e impedirá que ela encontre Lara (Mariana Ximenes) na novela reapresentada pelo Vale a Pena Ver de Novo. "Tem alguém ajudando essa vadia", desconfiará a mulher, sem saber da traição de Irene (Glória Menezes).

A personagem de Claudia Raia está mergulhada no desespero desde que a ex-parceira saiu da cadeia. Ela sabe que o maior desejo da loira é se aproximar da filha, mas coloca todos os obstáculos possíveis para esse reencontro. A mulher de Dodi (Murilo Benício) diz temer pela segurança da filha adotiva. 

As tentativas de proteger a mocinha, no entanto, só afastarão a jovem de Donatela. Cansada de tanta pressão, Lara desistirá de viver com a ex-cantora. A moça passará a morar com o namorado, Cassiano (Thiago Rodrigues) --e partirá o coração da perua em mil pedaços.

Nesse meio-tempo, Flora terá conquistado Irene com seu papo furado. A veterana terá certeza de que a loira é uma vítima de Donatela, a verdadeira culpada pelo assassinato de Marcelo (Flavio Tolezani). Por isso, sabotará a ex-nora na cara dura. Assim que descobrir sobre o chip, correrá para contar tudo à mãe biológica de Lara.

"Nós conseguimos colocar um chip dentro da bolsa dela. Desta forma, a gente pode localizá-la por radar, onde quer que ela esteja. Maravilhas da tecnologia, né, dona Irene? Flora chipada", zombará a perua, sem saber que está entregando o plano para uma aliada da rival.

A essa altura, a personagem de Glória Menezes já terá até promovido o reencontro de mãe e filha. Ela ainda incentivará Lara a participar da mesma excursão que a ex-detenta. Esperta, Flora se aproximará da mocinha sem revelar sua verdadeira identidade. 

Briga de araque para enganar Donatela

Para despistar a personagem de Claudia Raia, Irene encontrará Flora e criará  uma briga falsa. Ela berrará uma série de ofensas à suposta assassina do seu filho, à procura de um momento estratégico para soprar a verdade no ouvido da mulher.

"Nós estamos sendo filmadas. Donatela está vendo tudo! Reage!", dirá Irene, metendo um tapa na cara da suposta assassina. "Você tem que reagir, Flora! Se defende, porque eu tenho que te atacar! Colocaram um rastreador em você, minha filha, por isso Donatela sabe onde você está. Você precisa se esconder. Mas não joga fora, porque senão vão desconfiar de mim. Vão ligar uma coisa a outra", sussurrará a veterana.

Donatela não entenderá nada. "Você viu o que eu vi? A dona Irene foi até lá para dar na cara da Flora?", perguntará a madame. "Eu teria feito a mesma coisa. Afinal, Flora matou o filho dela. Dona Irene devia estar com esse tapa engasgado há 18 anos", justificará Silverinha (Ary Fontoura).

"Mas justamente agora, que eu consegui uma imagem da mulherzinha? Me puxou o tapete! Não era para a Flora saber que estava sendo seguida, mas agora, vendo os rapazes... Dona Irene sempre me atrapalha, impressionante", bradará a perua.

A novela de João Emanuel Carneiro será reprisada quase na íntegra e só tem previsão para chegar ao fim em 2023. A estreia do folhetim, no entanto, foi a pior do Vale a Pena Ver de Novo em três anos


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer na novela O Clone e em outras tramas da TV.


Últimas de A Favorita

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.