Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PARA MATAR SAUDADE

De despedida recente a galã: Saiba quem são os atores de A Favorita que morreram

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Walmor Chagas em close em cena de A Favorita

Walmor Chagas está entre os atores de A Favorita que morreram depois da exibição da novela

ARTHUR PAZIN

arthurpazin@noticiasdatv.com

Publicado em 28/6/2022 - 17h37

Exibida há 14 anos na faixa das 21h, A Favorita está no ar no Vale a Pena Ver de Novo e conta em seu elenco com renomados atores e atrizes que morreram. Ao todo, o público tem a oportunidade de matar a saudade de nove artistas que partiram, entre eles Milton Gonçalves, que se despediu recentemente e Tarcísio Meira, eterno galã da teledramaturgia brasileira, morto no ano passado após complicações da Covid-19. 

Milton Gonçalves morreu, aos 88 anos, no último dia 30, por consequência de problemas de saúde que vinha enfrentando desde que teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Na saga de Flora (Patricia Pillar) e Donatela (Claudia Raia), o ator vive o político Romildo Rosa, pai de Alicia (Taís Araujo) e Didu (Fabrício Boliveira).

Ao longo de sua carreira, o ator participou de ao menos 40 novelas na Globo, além de atuar em programas humorísticos e minisséries. Entre os destaques estão as primeiras versões de Irmãos Coragem (1970), A Grande Família (1972) e Escrava Isaura (1976). Sua última novela foi O Tempo Não Para (2018), quando interpretou o catador de material reciclável, Eliseu.

Milton Gonçalves como Romildo em A Favorita

Milton Gonçalves como Romildo em A Favorita

Já Tarcísio Meira morreu, aos 85 anos, em agosto do ano passado. Na novela, ele é Copola, marido de Iolanda (Suzana Faini) e rival de Gonçalo (Mauro Mendonça). Seu último trabalho em novelas foi em Orgulho e Paixão (2018). Com mais de 60 anos de carreira, ele atuou em mais de 60 atrações da Globo, entre minisséries, especiais e novelas.

Ele era casado, desde 1962, com a atriz Glória Menezes, com quem protagonizou novelas como Sangue e Areia (1967), Véu de Noiva (1969) e Irmãos Coragem (1970). Em A Favorita, Glória é Irene, amor do passado de Copola.

Tarcísio Meira como Copola em A Favorita

Tarcísio Meira como Copola em A Favorita

Suzana Faini

Além de Milton Gonçalves e Tarcísio Meira, outros atores que estão em A Favorita já não estão entre os vivos. Suzana Faini, que interpreta Iolanda, a mulher de Tarcísio Meira no folhetim, morreu este ano, em abril, aos 89 anos, devido às complicações do Parkinson.

Ela ganhou fama ao interpretar Iracema em Irmãos Coragem (1970), mas marcou presença também em diversos trabalhos na Globo, como Escrito nas Estrelas (2010), Salve Jorge (2012) e Espelho da Vida (2018). Seu último trabalho foi uma participação na segunda temporada de Sob Pressão (2017), da Globo.

Walmor Chagas

Walmor Chagas, o Salvatore, médico que será apagado por Flora, logo em que a personagem se revelará uma vilã, nos deixou em 2013, aos 82 anos. O ator foi encontrado morto em sua própria casa, no interior de São Paulo, e a polícia trabalhou, à época, com hipótese de suicídio.

Na Globo, integrou também o elenco de Corrida do Ouro (1974) e Locomotivas (1977). Seu último trabalho nas novelas foi em Mutantes - Promessas de Amor (2009), na Record.

Carl Schumacher

Intérprete de Adalberto Galdino em A Favorita, Carl Schumacher foi encontrado morto, aos 53 anos, em outubro de 2016, em sua casa no interior de Minas Gerais. O ator surgiu pela última vez na TV em 2011, no humorístico A Turma do Didi, onde marcava presença em diferentes papéis.

Nelson Xavier

Intérprete de Edivaldo, pai de Maria do Céu (Deborah Secco) na novela, Nelson Xavier se despediu do público em 2017, aos 75 anos, quando estava no ar na segunda reprise de Senhora do Destino (2004). Vítima de câncer, o ator deu vida a Sebastião na trama de Aguinaldo Silva.

Em sua trajetória, ele colecionou personagens como o cangaceiro Lampião, da minissérie Lampião e Maria Bonita (1982). No cinema, fez mais de 50 filmes e alcançou o sucesso interpretando o médium Chico Xavier no longa homônimo, de 2010. Seu último papel na TV foi uma participação na novela Babilônia (2015).

Nelson Xavier como Edivaldo em A Favorita

Nelson Xavier como Edivaldo em A Favorita

Lúcio Mauro

Morto em 2019, aos 92 anos, vítima de de falência múltipla nos órgãos, Lúcio Mauro é Sabiá, em A Favorita, o pai de Dodi (Murilo Benício). Seu último trabalho na TV foi em 2015, quando fez uma participação no primeiro episódio da Nova Escolinha do Professor Raimundo.

Conhecido por seus personagens na série de humor Chico City, que estreou em 1973, o ator e comediante fez vários trabalhos ao lado de Chico Anysio, como Chico Anysio Show (1982) e Escolinha do Professor Raimundo, nos anos 1990, quando interpretou o inesquecível Aldemar Vigário.

Noemi Gerbelli

Quem também partiu e está no time de A Favorita, em uma participação especial, foi Noemi Gerbelli, eternizada na pele da diretora Olívia no remake de Carrossel (2012), no SBT. Na novela reprisada, ela surge como Sofia e contracena ao lado de Flora e Donatela. Noemi Gerbelli morreu no ano passado, aos 68 anos, após uma embolia pulmonar. Sua última aparição na foi em Deus Salve o Rei (2018).

Luiz Baccelli

Luiz Baccelli, que no folhetim é Darcy, pai de Orlandinho (Iran Malfitano), é outro ator que nos deixou. Ele morreu em 2013, aos 69 anos, após um ataque cardíaco. Seu último trabalho na televisão foi uma participação na novela Aquele Beijo (2012). Em sua carreira, é lembrado pelos papéis em Laços de Família (2000), na Globo, e Pérola Negra (1998), no SBT.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de A Favorita.


Últimas de A Favorita

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.