Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ILHAS GALÁPAGOS?

Criacionista, Gênesis comprova teoria da seleção natural de Darwin com musicais

BLAD MENEGHEL/RECORD

O ator Igor Rickli caracterizado como Lúcifer cercado de bailarinos em cena de Gênesis

Lúcifer (Igor Rickli) solta a voz em Gênesis; números musicais são aposta da Record para folhetim bíblico

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 1/2/2021 - 6h45

Gênesis se tornou uma das principais cartas na manga da Record para divulgar o Criacionismo na televisão. Em guerra contra Charles Darwin (1809-1882), a emissora escalou até mesmo o seu jornalismo para explorar as lacunas da concorrência, principalmente a teoria da Evolução. O folhetim, porém, é uma das melhores propagandas a favor dos estudos do naturalista britânico --apenas o telespectador mais apto é capaz de resistir e não trocar de canal diante de mais um número musical.

As sequências são bem acabadas e, claro, a tentativa da emissora de renovar a linguagem de seus folhetins bíblicos é louvável. As canções, porém, quebram o ritmo e podem se tornar uma das principais pedras no sapato para manter o interesse do público assim que Ninrode (Pablo Morais) e a torre de Babel virem abaixo na próxima quinta (4).

A trama de Camilo Pellegrini, Stephanie Ribeiro e Raphaela Castro será posta à prova depois que sua etapa mais "pirotécnica" chegar ao fim. A história perderá boa parte do apelo, já que os efeitos visuais se tornarão mais raros nas próximas fases, Ur dos Caldeus e Jornada de Abraão --só resta praticamente a destruição de Sodoma e Gomorra.

A "tempestade perfeita" que permitiu à Record incomodar a Globo no horário nobre também parece que está perto de acabar, uma vez que Bibi (Juliana Paes) volta a tirar a reprise de A Força do Querer (2017) do fundo do poço. Com uma greve dos caminhoneiros à vista, o Jornal Nacional também deve ganhar mais força nas próximas semanas.

A emissora de Edir Macedo provavelmente deverá mudar os planos de usar os números musicais para esticar a história, que já ganha ânimo nos bastidores para chegar até os 200 capítulos e ultrapassar a previsão inicial de oito meses no ar. Do ateu ao mais cristão, o espectador nas redes sociais reclama que as canções testam a paciência até de Jó --com o perdão do trocadilho.

Depois de surfar em alta audiência por duas semanas, a direção já encontrou a fórmula para manter os índices e deixar o SBT para trás de uma vez por todas. O público gostou da agilidade, que lembra as minisséries anteriores, e principalmente o cuidado visual com as imagens que vão ao ar. Do fruto proibido azul ao dilúvio, são elas que asseguram a repercussão na internet.

Darwin está a espreita para fazer de Gênesis seu novo arquipélago de Galápagos, onde propôs a teoria da seleção natural em que o homem não veio do barro, mas de milênios de uma evolução vagarosa que seleciona não os mais fortes, mas os mais adaptáveis --e se a Record não se adaptar, corre risco de fazer a audiência voltar à lama e virar pó.


Saiba tudo que vai acontecer nas novelas com o podcast Noveleiros:

Ouça "#44 - Josiane, é você? Camila ressuscita versão do mal em Haja Coração" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TVno YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Gênesis e outras novelas.


Últimas de Gênesis


Resumos Semanais

Resumo da novela Gênesis: Capítulos de 25 a 29 de outubro

Segunda, 25/10 (Capítulo 200) 
Judá nota a presença de Rúben. Sheshi se surpreende ao reencontrar seu filho. Israel sofre com a falta do filho. José se decepciona com Adurrá, que é ameaçado pelo faraó.  Terça, 26/10 (Capítulo 201) 
Teruel foge do ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas