Império

Cora invade casa de Maria Isis e rouba fios de cabelo de José Alfredo

Divulgação/TV Globo

A atriz Drica Moraes interpreta Cora na novela Império, da Globo - Divulgação/TV Globo

A atriz Drica Moraes interpreta Cora na novela Império, da Globo

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 23/08/2014, às 00h27 - Atualizado às 05h00

Cora (Drica Moraes) invadirá o apartamento de Maria Isis (Marina Ruy Barbosa) no capítulo do dia 9 de Império. Ela terá a ideia de pegar cabelos de José Alfredo (Alexandre Nero) na cama da ninfeta para provar que ele é o pai de Cristina (Leandra Leal) por meio de um exame de DNA. A megera ficará escondida embaixo da cama enquanto uma grande confusão vai rolar, mas seu celular tocará e o comendador vai flagrá-la.

José Alfredo até tentará revistar a bolsa de Cora para ver se ela pegou algo de sua amante, mas Magnólia (Zezé Polessa) se intrometerá e acabará ajudando Cora a fugir com um vidro contendo fios de cabelos do todo-poderoso. A malvada fará a invasão depois de revelar à imprensa que a sobrinha é herdeira do milionário. Ela entrará no imóvel no momento em que Isis e Maria Marta (Lília Cabral) estiverem discutindo na porta do elevador.

Antro de perdição

Dentro do quarto da ruiva, ela soltará seu veneno. “É nesse antro de perdição que eles se esfregam. Cheiro de fornicação. Concentra, Cora. Cabelo ruivo, cabelo ruivo. Essa garota vai ficar careca! Cabelo grisalho”, vai comemorar ela, ao encontrar fios da cabeleira de José Alfredo. Cora vai tirar um pote de vidro da bolsa e guardará os cabelos nele.

Nesse momento, ela ouvirá a porta do apartamento se fechar e uma gritaria começar na sala. É aí que ela se esconderá embaixo da cama, espremendo-se bastante para caber no vão. Depois de um bom tempo, ela resolverá sair do esconderijo, mas ouvirá a voz do comendador e se esconderá novamente.

Celular

Enquanto isso, Cristina estará preocupada com a tia e resolverá ligar para seu celular. O telefone tocará bem na hora em que José Alfredo e Isis estiverem conversando no quarto, sem saber que Cora está embaixo da cama. O empresário vai se abaixar rápido e verá Cora, soltando um grito de pavor.

“Que palhaçada é essa?”, perguntará ele, puxando Cora pelo braço. “Me larga, seu gorila, me deixa em paz”, vai se debater a “cobra”.

Ela inventará uma desculpa esfarrapada, que não colará, é claro. “Pode parar digo eu! Aposto que veio aqui pegar alguma coisa... Roubar! Deixa eu ver isso aqui!”, dirá José Alfredo, já pegando a bolsa dela. No entanto, Magnólia entrará no meio sem saber direito porque Cora está ali, mas pensando em levar alguma vantagem. Com isso, Cora pegará a bolsa e sairá correndo, conseguindo fugir do inimigo.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou de Órfãos da Terra?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook