Nova temporada

Beyoncé da nova Malhação foi cantora de ópera e sofreu bullying por racismo

João Cotta/TV Globo

Yara Charry volta às novelas como aspirante à cantora em Malhação: Vidas Brasileiras - João Cotta/TV Globo

Yara Charry volta às novelas como aspirante à cantora em Malhação: Vidas Brasileiras

MÁRCIA PEREIRA, no Rio de Janeiro - Publicado em 08/03/2018, às 06h00

Francesa, Yara Charry tem a missão de atuar, cantar, dançar e ser má em Malhação: Vidas Brasileiras. Sua personagem, Jade, sonha em ser uma popstar como Beyoncé. Na banda da novelinha, ela soltará a voz e rebolará sem se intimidar. Cantar não é um problema para a novata, que já integrou uma ópera. Afrodescendente, ela conta que em Paris sofreu bullying por conta da cor de sua pele. O racismo será um dos temas da trama.

"Quando soube que a personagem ia cantar, amei. Nunca fiz aula, mas eu canto desde pequenininha. Eu cantei dos 4 aos 7 anos na Ópera de Paris. Depois, aprendi a tocar violão e continuei cantando muito, mas sem pretender fazer carreira como cantora. Aqui, eu empresto minha voz para a personagem", conta Yara.

Criticada pela interpretação de Sophie em Velho Chico (2016), Yara revela que foi justamente por causa do trabalho como atriz na novela de Benedito Ruy Barbosa que ela mudou toda a sua vida.

Largou a família na França e passou a morar no Rio de Janeiro sozinha. A decisão, ela ressalta, não foi fácil, mas muito bem pensada e contou com o apoio de todos os familiares.

Yara abandonou os estudos de moda que fazia para se tornar estilista e focou em aprender a atuar. Para se aperfeiçoar, fez vários cursos de artes cênicas. "É isso que quero fazer para o resto da minha vida", adianta.

Mais bem preparada, ela espera fazer bonito na nova temporada de Malhação. Filha de uma brasileira que vive há 30 anos na França, Yara ainda escorrega no português.

Para não ter problemas com o seu sotaque em cena, sua personagem é apresentada como franco-brasileira. "Ela é carioca e sempre viveu no Rio de Janeiro, diferentemente de mim. Ela tem um pai que é de fora. Se de vez em quando tiver uma palavrinha fora do tom, não tem problema", diz.

Raphael Dias/Tv Globo

Yara Charry (ao centro, agachada) sensualizará nas apresentações com os colegas da escola

O drama do vazamento de nudes de Jade pretende discutir a questão, que é mais comum do que se imagina no universo juvenil. "Tem meninas que se matam por isso. A nossa proposta é mostrar: 'Como lidar com isso?'. Jade é popular, cheia de autoestima. Mas, mesmo assim, ela vai ficar muito insegura antes de conseguir superar o problema", adianta a atriz.

A personagem, além de metida, armará para fazer Tito (Tom Karabachian) desistir de Flora (Jennifer Oliveira). Mas Yara não a classifica como uma vilã. Uma das maldades da personagem será fazer bullying na escola com a rival ruiva. 

"São atitudes de uma garota que quer se mostrar para toda a escola. Ela faz coisas que nem percebe que são ruins, não é seu pensamento fazer bullying ", explica.

Questionada se já sofreu bullying, a francesa responde que sim. "O bullying comigo não foi pesado, sei que tem muitas pessoas que sofreram muito mais do que eu. Em Paris, na escola não tem muitos morenos, e eu era morena. Eram cutucadas de adolescente vilãzinhas, sabe?".

Últimas de Malhação

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você pretende assistir a novela Espelho da Vida?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook