Paloma Duarte

Após quarentena, ex-estrela da Record paga 'pedágio' para voltar à Globo

DIVULGAÇÃO/RECORD

Paloma Duarte em Pecado Mortal, sua última novela da Record, emissora em que ficou dez anos - DIVULGAÇÃO/RECORD

Paloma Duarte em Pecado Mortal, sua última novela da Record, emissora em que ficou dez anos

REDAÇÃO - Publicado em 05/12/2018, às 13h54

Fora da Globo desde 2005, quando fez Começar de Novo, a atriz Paloma Duarte vai retornar à emissora em 2019. Ela será uma das protagonistas da próxima temporada de Malhação: Toda Forma de Amar, que estreia em abril. Paloma foi contratada da Record entre 2005 e 2015 e negocia uma oportunidade na Globo há mais de dois anos.

A Globo, no entanto, lhe impôs uma longa quarentena e um pedágio: ela terá que recomeçar em sua novela de menor prestígio. Na emissora, Malhação é vista como uma produção para treinar novos atores e resgatar veteranos que perderam prestígio.

Na Record, a atriz fez apenas cinco novelas em dez anos, e todas como a principal protagonista. Seu último trabalho foi em Pecado Mortal, de Carlos Lombardi, exibida em 2013. Em 2015, ela entrou com processo trabalhista contra a emissora, alegando que foi induzida a assinar contrato como pessoa jurídica. Ela exigiu os direitos que todo trabalhador com carteira assinada tem, mas foi derrotada em primeira instância.

Depois que saiu da Record, Paloma atuou nas séries Se Eu Fosse Você, da Fox, e Eu, Ela e um Milhão de Seguidores, do Multishow.

Na nova temporada de Malhação, ela vai atuar ao lado de Henri Castelli, que interpretará o coordenador de uma ONG que oferece aulas de muay thai. 

Segundo a colunista Patricia Kogut, de O Globo, a nova Malhação vai apresentar uma adolescente em busca da restituição de guarda de sua filha recém-nascida e cinco jovens de periferia que testemunham um crime. 

Conhecida do público desde Armação Ilimitada, que estrelou quando tinha apenas nove anos de idade, Paloma Duarte teve papéis marcantes na TV, em produções como Pecado Capital (1998), Terra Nostra (1999) e Mulheres Apaixonadas (2003). Na Record, trabalhou em Cidadão Brasileiro (2006), Luz do Sol (2007), Poder Paralelo (2009), Máscaras (2012) e Pecado Mortal.

A atriz faz parte de um grupo de ex-atores da Record que foram à Justiça por direitos trabalhistas e perderam as ações em primeira instância. Entre eles, estão Bruno Ferrari, seu marido, Leonardo Brício e André Segatti. Bruno Ferrari, aliás, conseguiu voltar à Globo bem antes, em 2016, como o mocinho da novela Liberdade, Liberdade.

Últimas de Malhação

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que é mais bizarro em O Tempo Não Para?
Duas mulheres com mais de 60 anos dizendo estar grávidas.
23.60%
Ninguém mandar nenhuma das 'grávidas' fazer teste em laboratório.
11.04%
Vilões que matam pessoas e continuam impunes.
11.55%
De uma novela que descongelou pessoas do século 19 se espera qualquer coisa.
53.81%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook