CHANNING DUNGEY

Fusão da Disney com a Fox derruba maior executiva negra da TV americana

Divulgação/ABC/Image Group LA

Channing Dungey, ex-presidente de entretenimento da ABC, deixou o cargo por causa de fusão - Divulgação/ABC/Image Group LA

Channing Dungey, ex-presidente de entretenimento da ABC, deixou o cargo por causa de fusão

REDAÇÃO - Publicado em 17/11/2018, às 18h39

A fusão da Disney com a Fox ainda nem foi finalizada, mas já fez sua primeira vítima na TV americana. Channing Dungey, presidente de entretenimento da rede ABC, anunciou que está deixando o seu cargo. Ela fez história no entretenimento ao se tornar a primeira mulher negra a ocupar um cargo de chefia nas quatro maiores emissoras dos EUA.

Channing pediu demissão na sexta-feira (16), antes mesmo de completar três anos no cargo _ela assumiu seu posto em fevereiro de 2016. Será substituída por Karey Burke, executiva que ocupava a direção de programação do canal Freeform, braço da ABC na TV paga.

Apesar da posição de destaque na rede, Karey terá que responder à executiva Dana Walden, atual presidente da Fox Television Group, que será encampada pela Disney. Dana supervisionará as operações da ABC, do Freeform, e do estúdio de televisão da ABC, que produz boa parte das séries da rede.

A revista Variety aponta que a questão da hierarquia foi um dos fatores que levou Channing a desistir de seu posto _segundo pessoas próximas à presidente, apesar de admirar Dana Walden, ela não achou justo ter de prestar contas a alguém que está chegando agora à empresa.

A saída de Channing pegou a equipe de entretenimento da ABC de surpresa. Ela era muito querida e também foi responsável por alguns dos grandes sucessos da rede nos últimos anos. Quando chefiou o departamento de séries dramáticas, desenvolveu fenômenos como Scandal (2012-2018) e How to Get Away with Murder.

Promovida à presidência, foi responsável por decisões difíceis, mas elogiadas, como o cancelamento imediato da comédia Roseanne logo após a protagonista, Roseanne Barr, fazer comentários racistas no Twitter. O fim da série foi determinado apesar de ela ser a maior audiência da temporada 2017-2018.

Channing Dungey não revelou qual será o seu próximo passo. Como ela desenvolveu uma boa relação com a superprodutora Shonda Rhimes, a Variety especula que ela pode acompanhar a colega em seu contrato milionário com a Netflix.

Em comunicado divulgado à imprensa, a executiva apenas agradeceu à equipe com que trabalhou. "Tenho muito orgulho de tudo o que conseguimos nos últimos anos. Esse cargo foi o ponto alto da minha carreira. Eu amei cada minuto, mas estou empolgada para encarar novos desafios", disse.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que é mais bizarro em O Tempo Não Para?
Duas mulheres com mais de 60 anos dizendo estar grávidas.
23.60%
Ninguém mandar nenhuma das 'grávidas' fazer teste em laboratório.
11.04%
Vilões que matam pessoas e continuam impunes.
11.55%
De uma novela que descongelou pessoas do século 19 se espera qualquer coisa.
53.81%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook