Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

    JORNALISMO DE QUALIDADE

    Pra refrescar a sua cabeça: Notícias da TV lança site de cultura pop Tangerina

    Reprodução/Tangerina

    Imagem da campanha de lançamento do site Tangerina: pai com o filho jogando videogame, garota ouvindo música e mulher no cinema

    Imagem da campanha de lançamento da Tangerina: site tem proposta diferente de cobertura do pop

    REDAÇÃO

    redacao@noticiasdatv.com

    Publicado em 2/3/2022 - 6h45

    Uma das principais marcas do jornalismo de entretenimento do Brasil, o Notícias da TV agora tem um spin-off. Está sendo lançada nesta quarta-feira (2) a Tangerina, uma nova plataforma digital de curadoria de conteúdo 100% voltada para a cobertura de filmes, séries, música, games e animes. Assim como o Notícias da TV, a Tangerina também é parceira do UOL, maior portal de conteúdo e serviços de internet da América Latina.

    A Tangerina nasce com a missão de levar informação fresca, confiável, acessível e personalizada para quem quer ficar sempre por dentro e aproveitar o melhor do que acontece no mundo da cultura pop. A plataforma, que possui site e redes sociais (e em breve terá canais de vídeo, newsletters e podcasts), vai aprofundar as notícias importantes desse universo, contribuindo para que o leitor se mantenha informado com qualidade e possa escolher as melhores opções.

    O público-alvo da Tangerina são pessoas de todas as idades que têm o hábito de consumir filmes, séries, games, música e sentem falta de um serviço que as ajude a decidir o quê, quando, onde e por que assistir, jogar ou escutar determinado conteúdo.

    A Tangerina foi idealizada para ser um farol em um ambiente de superoferta de informações, em que as pessoas se confrontam com centenas de notícias geradas todos os dias por novos filmes, séries, músicas e jogos, disponíveis em dezenas de opções de streaming e salas de exibição.

    À Tangerina só interessa o último trailer da série espanhola de sucesso se ele trouxer informações de fato relevantes. Se for apenas mais uma peça de marketing, não é notícia. "Queremos organizar o caos de informações para o fã de cultura pop", diz o publisher Daniel Castro, que em 2013 fundou o Notícias da TV.

    "Vamos auxiliar os leitores a escolher uma boa série, um bom filme no cinema, ficar por dentro dos melhores lançamentos musicais e de olho nos futuros festivais", completa Castro. "Dentro de três meses, queremos entregar experiências cada vez mais personalizadas, por meio do acesso logado. O leitor assíduo da Tangerina terá acesso a uma homepage feita de acordo com seus gostos", adianta o jornalista.

    A equipe é formada por profissionais com grande experiência no mercado editorial de entretenimento. Além de Daniel Castro, ex-colunista de televisão da Folha de S.Paulo, o projeto tem supervisão do jornalista Diego Assis, que atuou como editor-chefe de Entretenimento no UOL durante quase nove anos e tem passagens por G1, Folha, Estadão e Omelete.

    Comanda a Redação da Tangerina a editora-chefe Natalia Engler, jornalista e mestra em Audiovisual pela ECA/USP, também com passagens por Omelete, UOL, Folha e Ansa. O time conta também com Gabriela Franco, como editora de Filmes e Séries, ex-MTV e criadora do coletivo Minas Nerds; Luccas Oliveira, editor de Música e ex-repórter de O Globo, além de Bruno Silva, editor de Games e Animes, ex-editor-chefe do site The Enemy, apresentador e streamer.

    "A Tangerina é uma proposta muito bem-vinda, num momento em que os consumidores brasileiros já têm à disposição mais de 20 serviços de streaming, mas na hora H, quando sentam diante da tela ou abrem o celular, travam, sem saber por onde começar. A cultura pop nunca foi tão presente na vida das pessoas e tão rica em ofertas de conteúdo, mas queremos que o precioso tempo de lazer dos nossos usuários seja de alívio e não de martírio, tentando encontrar o que fazer com ele", diz Diego Assis, gerente de projeto da Tangerina.

    "O público de entretenimento é cada vez mais exigente. Ajudá-lo a se manter bem informado e escolher o que vale a pena assistir, ouvir ou jogar é uma enorme responsabilidade. Por isso, selecionamos a dedo nossos editores, repórteres e críticos. São profissionais experientes, que consomem e respiram cultura pop todo dia, há anos, e que vão ajudar a filtrar esse mar de conteúdos para os nossos leitores e leitoras", afirma Natalia Engler, editora-chefe da Tangerina.

    A Tangerina começou a ser desenvolvida em 2020, em um workshop da agência Ana Couto. O trabalho de branding, identidade visual e UX ficou a cargo dos designers Ruan Augustinho Menezes e Sabrina Adorno. O engenheiro da Computação Arley Andrada Maria supervisionou todo o desenvolvimento técnico do site.

    Você acessa a Tangerina neste link: tangerina.uol.com.br.


    Leia também

    Enquete

    Qual o personagem mais chato de Pantanal?

    Mais lidas


    Comentários

    Política de comentários

    Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.