Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

AMOR ENTRE MULHERES

Telecine promove maratona especial sobre visibilidade lésbica; veja programação

REPRODUÇÃO/OLHAR DISTRIBUIÇÃO

Ziki (Sheila Munyiva) e Kena (Samantha Mugatsia) sorriem em cena do filme Rafiki (2018)

Ziki (Sheila Munyiva) e Kena (Samantha Mugatsia) em Rafiki (2018); filme será exibido no Telecine Cult

REDAÇÃO

Publicado em 27/8/2020 - 4h48

O Telecine Cult promove nesta quinta-feira (27) uma maratona especial como aquecimento para o Dia da Visibilidade Lésbica, comemorado no sábado (29). O canal exibe três filmes que mostram histórias de amor entre mulheres e promovem reflexões sobre a causa para celebrar a data, que marca a luta por respeito e representatividade.

A programação começa com o longa queniano Rafiki (2018), exibido às 20h25. Criadas para serem boas mães, Kena (Samantha Mugatsia) e Ziki (Sheila Munyiva) são grandes amigas. Embora suas famílias sejam rivais políticas, as duas continuaram juntas ao longo dos anos, apoiando uma a outra na batalha pela conquistas de seus sonhos.

A relação de amizade se transforma em um romance que passa a afetar a rotina da comunidade conservadora, na qual o amor entre pessoas do mesmo sexo é proibido por lei. As jovens precisam escolher entre vivenciar o amor que partilham ou se separarem para levar uma vida segura.

O filme chegou a ter sua exibição proibida no Quênia, onde a homossexualidade é considerada ilegal. Por se tratar de uma temática LGBTQ+, o governo do país alegou que a história "promovia o lesbianismo".

Dirigido por Wanuri Kahiu, Rafiki foi o primeiro longa queniano a ser selecionado para o Festival de Cannes. Assista ao trailer:

Na sequência, às 22h, o canal exibe O Mau Exemplo de Cameron Post (2018). A trama se passa em 1993, e Cameron Post (Chloë Grace Moretz) é uma estudante do colegial que é flagrada pelo namorado transando com a melhor amiga em pleno baile de formatura.

A jovem é enviada pela tia para um centro religioso que afirma curar jovens atraídos pelo mesmo sexo. Submetida a uma terapia de "reversão sexual", a protagonista precisa descobrir quem é de fato. Veja o trailer:

Indicado ao Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro e à Palma de Ouro em Cannes, Retrato de uma Jovem em Chamas (2020) encerra a maratona às 23h40. Na França do século 18, Marianne (Noémie Merlant) é uma jovem pintora.

Ela recebe a tarefa de fazer um retrato de Héloïse (Adèle Haenel) para seu casamento sem que ela saiba. Passando seus dias observando Héloïse e as noites pintando, a protagonista se vê cada vez mais próxima de sua modelo durante os últimos dias de liberdade dela. Confira o trailer:

Mais iniciativas

Além da maratona na TV, a rede ainda preparou uma cinelist especial sobre a visibilidade lésbica no Telecine Play, streaming da rede. A seleção, que já está disponível na plataforma, reúne mais filmes com histórias de mulheres que amam, resistem e têm orgulho.

Entre os destaques da lista estão A Favorita (2018), vencedor do Oscar de melhor atriz para Olivia Colman, e Desobediência (2017), estrelado por Rachel Weisz e Rachel McAdams.

Outra ação proposta pelo Telecine ocorre no sábado (29). Em parceria com a Olhar Distribuição e o Sesc, a rede disponibilizará online e de graça, durante 24 horas, o longa-metragem Rafiki. O filme poderá ser visto a qualquer momento na página do Sesc Digital, a partir das 20h.

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas