Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DESTINOS DIFERENTES

A Menina Que Matou os Pais: Saiba como estão Suzane e Daniel atualmente

DIVULGAÇÃO/PRIME VIDEO

Montagem de fotos com Suzane von Richthofen e Carla Diaz, que está em cena de A Menina Que Matou os Pais

Suzane von Richthofen é interpretada por Carla Diaz no novo filme A Menina Que Matou os Pais

VINÍCIUS ANDRADE

[email protected]

Publicado em 24/9/2021 - 15h14

Lançados nesta sexta-feira (24) no Prime Video, os filmes A Menina Que Matou os Pais e O Menino Que Matou Meus Pais mostram como Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos se conheceram e as diferentes versões que eles apresentaram para o crime que chocou o país. O desfecho dos longas deixa uma dúvida em quem assiste: como os dois estão atualmente?

O final de ambos os filmes informa que o casal de assassinos foi condenado a 39 anos de reclusão em regime fechado, enquanto Cristian Cravinhos, o irmão de Daniel que ajudou no crime, recebeu a pena de 38 anos de prisão.

Em 2015, Suzane passou para o regime semiaberto e foi transferida para outra ala da Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier de Tremembé, onde está desde 2006. No novo local de "moradia", ela deixou de ficar presa em uma cela para se abrigar em um galpão com beliches.

No regime mais flexível, a responsável pela morte dos pais trabalha dentro da penitenciária durante o dia e tem direito a seis saídas temporárias no ano: Dia das Mães, Páscoa, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Natal e Réveillon. As "saidinhas" sempre viram notícia na imprensa.

No último dia 13, a Justiça autorizou Suzane a cursar uma faculdade de Farmácia, depois que ela obteve nota no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) suficiente para entrar no ensino superior. Com isso, ela foi liberada a frequentar as aulas na Universidade Anhanguera, em Taubaté. A condenada pode ficar fora das 17h às 23h55.

O que a defesa da filha dos von Richthofen ainda não conseguiu foi a progressão dela para o regime aberto. Os pedidos pela Defensoria Pública para colocar Suzane em liberdade foram recusados.

Atualmente, ela tem 37 anos. Em 2018, após um teste psicológico, a detenta foi descrita "como uma pessoa egocêntrica, vazia, simplista e infantilizada; que não apresenta indicações de culpa nem de preocupações".

Na prisão, chegou a se casar com a também condenada Sandra Regina, em 2014. O romance acabou pouco tempo depois, quando "Sandrão", como era conhecida, foi transferida. Não demorou muito para Suzane engatar um outro namoro: na penitenciária, ela conheceu o serralheiro Rogério Olberg, irmão de uma presidiária. O caso terminou no ano passado, mas, segundo reportagem da revista Época publicada em junho 2020, ela continua próxima da família.

REPRODUÇÃO

Daniel Cravinhos com a atual mulher, Alyne

Irmãos Cravinhos hoje

Já Daniel Cravinhos, o ex-namorado de Suzane, está fora da cadeia desde 2018. O assassino do engenheiro Manfred Albert von Richthofen e da psiquiatra Marísia von Richthofen conseguiu progredir para o regime aberto há mais de três anos.

Enquanto esteve preso, se casou com Alyne Bento, filha de uma agente penitenciária. Os dois se conheceram em 2012, durante uma visita de Alyne a um irmão detento, e trocaram alianças dois anos depois. Desde que foi solto, ele sumiu dos holofotes. Completou 40 anos em 2021.

Cristian Cravinhos não teve o mesmo destino do irmão. Liberado do presídio em 2017, ele voltou para penitenciária 2 de Tremembé em 2018, quando foi apontado como um dos responsáveis por uma tentativa de suborno a policiais. Atualmente, continua na cadeia.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas