O MEDO É REAL

De pesadelos a massacres: 13 filmes de terror para ver na sexta-feira, 13

Fotos: Divulgação

A atriz Shae Smolik grita de pânico em cena do longa The Sandman, que chega à TV nesta sexta-feira, 13 - Fotos: Divulgação

A atriz Shae Smolik grita de pânico em cena do longa The Sandman, que chega à TV nesta sexta-feira, 13

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 13/04/2018, às 05h15 - Atualizado às 05h33

Dia reservado aos sustos e ao medo, a sexta-feira, 13 pede uma boa rodada de filmes de terror para ver no escurinho da sala de casa. De pesadelos assustadores que se tornam reais a psicopatas que realizam verdadeiros massacres sangrentos, há opções capazes de provocar pavor em todo tipo de público. O Notícias da TV selecionou 13 longas assustadores para uma verdadeira maratona do pânico nesta data sombria.

Três dos selecionados estão chegando nesta sexta (13) à TV paga. Stickman - O Pesado à Espreita, Não Bata na Porta e The Sandman são as novidades para quem quer se surpreender com novos sustos.

Entre os clássicos, os zumbis do diretor George A. Romero (1940-2017) dividem a comilança de cérebros com a versão moderna de Madrugada dos Mortos, dirigida por Zack Snyder (de O Homem de Aço e Liga da Justiça) e com roteiro atualizado por James Gunn (responsável pelo filme de Guardiões da Galáxia).

Há opções de terror em que o medo é sobrenatural, como em Atividade Paranormal ou Deixe-me Entrar. Em outros, o pavor vem da própria psicopatia humana _caso da franquia Jogos Mortais e do sanguinolento O Albergue.

Por fim, quem deseja compensar o medo com alguns momentos de diversão pode dar risada com o boneco Chucky, astro de Brinquedo Assassino que consegue misturar assassinatos cruéis com piadas completamente infames.

Confira abaixo três longas de terror que chegam hoje à TV paga e, na sequência, mais dez filmes que precisam ser vistos por fãs do gênero. Todos estão disponíveis no Now, serviço de vídeo sob demanda para clientes da Net e da Claro TV:

A atriz Hayley Law em cena do filme Stickman: pesadelos se tornam realidade sangrenta

Stickman - O Pesadelo à Espreita (2017)
Quando tinha 7 anos, Emma (Hayley Law) foi acusada de matar a própria irmã. Ela culpou o Stickman (ou Homem Palito, em tradução livre), uma criatura maligna que se esconde embaixo de camas, dentro de armários e até nos sonhos de inocentes.

Depois de anos confinada por insanidade, Emma é liberada e, com seus pesadelos aparentemente sob controle, não vê a hora de retomar sua vida. Mas o Stickman tem outros planos para ela _e para as pessoas à sua volta.

Lola Flanery interpreta Jenna no longa Não Bata na Porta: um Halloween de causar temor

Não Bata na Porta (2017)
É noite de Halloween e, apesar de receber diversos alertas sobre uma misteriosa casa no bairro, um grupo de jovens decide ir até o local para se divertirem no Dia das Bruxas. Sem querer, eles acabam libertando uma entidade maligna que usa os piores medos das pessoas para persegui-las e matá-las.

O elenco de Não Bata na Porta é liderado por Dominique Provost-Chalkley (da série Wynonna Earp), Eliana Jones (de Hemlock Grove) e por Jodelle Ferland, que aos 23 anos já virou especialista em terror, atuando em mais de 15 produções do gênero.

Com visual de demônio de areia, o Sandman (Mick Ignis) provoca pânico em suas vítimas

The Sandman (2017)
O Sandman (Homem de Areia, em tradução livre) é uma criatura responsável pelo sono das pessoas, já que seus poderes mágicos podem colocar todos para dormir. No filme The Sandman, porém, a bondade do personagem dá lugar ao terror: ele é um monstro terrível que sai dos pesadelos da pequena Madison (Shae Smolik) para machucar qualquer um que tente prejudicar a menina.

Tudo fica ainda mais complexo quando uma agência secreta do governo tenta capturar a menina para fazer experimentos nela e descobrir como ela controla a criatura assassina. O terror tem pedigree: ele é produzido por Stan Lee, criador de personagens como Homem-Aranha, X-Men, Hulk e Quarteto Fantástico.

Zumbis do filme Madrugada dos Mortos servem como crítica ao consumismo da sociedade

De olho nos zumbis
Quem curte produções com mortos-vivos, como a série The Walking Dead, precisa conhecer um pouco mais sobre um dos precursores do gênero, o diretor George A. Romero. Muitos dos conceitos que envolvem zumbis hoje foram criados por ele, e podem ser conferidos em A Noite dos Mortos-Vivos (1968), sobre um casal que começa a ser perseguido por mortos que saem de seus túmulos.

Ao longo de sua carreira, Romero fez seis longas sobre zumbis. Um deles foi refilmado em Madrugada dos Mortos (2004), em que um grupo de sobreviventes busca refúgio em um shopping center _além do terror, o diretor sempre teve um olhar crítico e, em seus roteiros, ataca o consumismo desenfreado da sociedade.

Kodi Smit-McPhee (à esq.) e Chloë Moretz estrelam Deixe-me Entrar: aparições só à noite

Quando o medo não tem explicação
Alguns dos filmes de terror mais assustadores apelam para o sobrenatural, ficando assim livres de qualquer explicação lógica para as ações de quem causa o medo. É assim com Atividade Paranormal (2009), sobre um jovem casal que se muda para uma casa nova e começa a presenciar acontecimentos estranhos no local.

Também é o caso de Hellraiser: Revelações (2011), longa da franquia com o temido Pinhead (Cara de Prego, em tradução livre), uma criatura maligna que vive em outra dimensão e só chega à Terra por meio de uma caixa de quebra-cabeças.

Já os fãs de suspense vão gostar de Deixe-me Entrar (2010), sobre um menino (Kodi Smit-McPhee) que sofre bullying dos outros garotos e acaba fazendo amizade com uma misteriosa menina (Chloë Moretz), que só aparece à noite.

O ator Cary Elwes em cena do primeiro filme Jogos Mortais: tortura física e psicológica

Psicopatia inexplicável
Se o sobrenatural assusta por não precisar de justificativa, o terror provocado por um psicopata causa medo justamente por tentar explicar o inexplicável: como uma pessoa é capaz de matar e torturar os outros?

Pois é isso que faz o vilão de Jogos Mortais (2004), que monta um quebra-cabeça para levar suas vítimas ao extremo. O terror psicológico fez tanto sucesso que virou franquia com mais sete filmes, cada um com armadilhas mais elaboradas e mortais.

Em O Albergue (2006), por outro lado, não há nada de tortura mental: o castigo imposto aos dois jovens americanos (Jay Hernandez e Derek Richardson) é físico, com mutilações, armas cortantes e até ataques de motosserra.

A motosserra, por sinal, já provocou pesadelos em muitas gerações e ganhou um novo capítulo em O Massacre da Serra Elétrica - A Lenda Continua (2013). Dessa vez, a jovem Heather (Alexandra Daddario) herda uma casa no interior do Texas e, ao investigar o local, descobre que um maníaco espalha o terror por ali.

O boneco ruivo (dublado por Brad Dourif) no colo de Jennifer Tilly em cena de Culto de Chucky

Para morrer de medo... e de rir
Aparentemente fofo, o boneco Chucky tem frequentado os pesadelos de seu público há 30 anos. Porém, o sadismo do ruivinho vem acompanhado de um senso de humor debochado, que provoca risos (nervosos) nos espectadores.

Em O Culto de Chucky (2017), o boneco começa a possuir qualquer um que cruze o seu caminho, formando um séquito de adoradores que fariam qualquer coisa por ele. Com a vantagem numérica, Chucky parte atrás de seu maior rival, o menino Andy Barclay (Alex Vincent), que agora virou um homem de 37 anos.

Quem quiser entender um pouco do passado de Chucky e Andy pode ver Brinquedo Assassino 2 (1990), que mostra o boneco tentando se apossar da alma do garoto depois que a mãe dele é levada para um hospital psiquiátrico.

Notícias da TV Recomenda

Jogos Mortais

Jogos Mortais

Ficha técnica: Saw. Terror/Suspense. EUA, 2004, 103 min. Direção: James Wan. Elenco: Cary Elwes, Leigh Whannell, Danny Glover, Tobin Bell. Disponível no Now.

Por que assistir: Jogos Mortais revitalizou o gênero terror com uma nova abordagem para uma velha pergunta: até onde o ser humano é capaz de ir para sobreviver? Com um orçamento ínfimo, de US$ 1,2 milhão, o longa arrecadou US$ 103 milhões e deu início a uma franquia de sucesso.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook