Tamanho Família

Para evitar choradeira no palco, Márcio Garcia pensa em contas a pagar

Reprodução/TV Globo

O apresentador Márcio Garcia em episódio da nova temporada de Tamanho Família - Reprodução/TV Globo

O apresentador Márcio Garcia em episódio da nova temporada de Tamanho Família

FERNANDA LOPES, no Rio de Janeiro - Publicado em 12/04/2018, às 06h14

Márcio Garcia tem um truque para não cair no choro no palco do Tamanho Família,  que volta ao ar domingo (15). O apresentador de 47 anos diz que é muito difícil não se deixar levar pela emoção dos convidados famosos, que sempre fazem a maior choradeira após as homenagens de seus parentes. Para se concentrar e manter a atração com alto astral, Garcia pensa nas contas a pagar e engole o choro.

"Eu tento ser o único ali a não chorar, para não ficar muita choradeira. É muito difícil, numa das gravações eu estava pensando nos boletos que tenho que pagar. A gente se envolve muito", confessa o apresentador.

"O Bernardo [Portugal, diretor-geral] chora cinco vezes, porque vê o programa repetidamente, passa por várias etapas, chora em todas. Mas eu me seguro. Já está todo mundo chorando, e eu tenho que terminar o programa pra cima. Muitas vezes o diretor fala 'anima cara, anima!', porque é difícil. Eu realmente me controlo, mas a emoção sempre está comigo", complementa.

Em sua terceira temporada na Globo, o Tamanho Família cresceu: foi de 11 para 17 episódios. Márcio Garcia conta que se envolve com todas as etapas da produção, como as pesquisas sobre curiosidades dos convidados famosos, que é feita com base em muitos depoimentos e leva até 20 dias.

Por isso, ele explica que já se sente íntimo das famílias e percebe o amor entre elas nas homenagens. Nesta temporada, participam do programa famosos como Taís Araújo, o sertanejo Leonardo, Maiara e Maraísa, Mumuzinho, Lucas Veloso, Thiago Fragoso e Ricardo Pereira. Nenhum passou ileso pela choradeira durante as gravações.

"A gente enxerga quase uma forma padrão de comportamento de pais, mães, irmãos, marido e mulher. É tudo muito próximo. Muitas vezes eu vejo o câmera chorando, a [banda] Família Lima chorando. Numa das gravações, o Xanddy [vocalista do Harmonia do Samba] subiu no palco e falou: 'Pô, velho, sacanagem'. Um homem daquele tamanho ficou menino. Isso é muito bacana", explica Márcio.

Marilia Cabral/tv globo

Márcio Garcia se diverte com Leonardo, os quatro filhos do cantor e o Tio Mala no programa

Na nova temporada, a formato do programa de Garcia se mantém, com disputas entre duas famílias em provas de habilidade, raciocínio e conhecimento.

A novidade é a chegada do inconveniente Tio Mala, que aparece em algum momento para movimentar a competição. "Ele entra pra propor um tema a ser discutido entre os convidados e mexer com o jogo mesmo", explica o diretor Bernardo Portugal.

Para Márcio Garcia, o fato de o programa chegar à terceira temporada mostra o esforço da equipe em entregar um produto com o qual o público brasileiro se identifica. Ele confessa que tem vontade de participar da atração com a própria família.

"Eu tenho vontade de sentar no sofá, fazer umas discussões de relacionamento com a patroa, seria engraçado. Cada família tem sua história, e a gente tenta buscar o que há de mais especial nelas. Nossa tarefa é transformar isso num show", afirma.

Leia também

 

 

Enquete

O que você achou do vaivém de Datena na Band?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook