Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HISTÓRIA LEVE

Com Pai em Dobro, Maisa Silva estreia na Netflix em filme digno de Sessão da Tarde

REPRODUÇÃO/NETFLIX

Eduardo Moscovis, Maisa Silva e Marcelo Médici abraçados e "coladinhos" em cena de Pai em Dobro

Eduardo Moscovis, Maisa Silva e Marcelo Médici em Pai em Dobro, filme original Netflix

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 19/1/2021 - 6h45

Após pedir demissão do SBT no ano passado, Maisa Silva estreou seu primeiro projeto original da Netflix. Leve e divertido, Pai em Dobro é um filme digno de estar na Sessão da Tarde, da Globo. A trama, inclusive, é uma boa opção de distração para o assinante que procura uma história despretensiosa para "esquecer" --mesmo que durante menos de duas horas-- as notícias ruins do mundo real.

Disponível no catálogo da plataforma desde a última sexta-feira (15), o longa conta a trajetória de Vicenza (Maisa), uma garota de 18 anos que passou a vida toda em uma comunidade hippie. A única coisa que impede a adolescente de ser plenamente feliz é não saber quem é seu pai.

Durante uma viagem da mãe, Raion (Laila Zaid), para a Índia, a jovem acaba descobrindo uma pista de quem pode ser seu genitor. Destemida, ela decide ir sozinha até o Rio de Janeiro procurar pelo "candidato": Paco (Eduardo Moscovis), um pintor mal-humorado que enfrenta um bloqueio criativo há anos. Ele não lida muito bem com a informação de que pode ter uma filha, mas aos poucos acaba se encantando pela pureza de Vicenza.

Quando tudo parece que vai dar certo, a protagonista descobre que a mãe se envolveu com outro homem na mesma época em que estava com Paco. A garota, então, vai atrás de Giovanne (Marcelo Médici), um executivo bem-sucedido que logo se alegra com a notícia de que pode ser pai.

Vicenza acaba ficando numa sinuca de bico ao perceber que agora tem dois candidatos a pai --e completamente opostos. Com o lema de seguir o próprio coração, a jovem começa a se aproximar dos possíveis genitores e perceber características comuns com ambos.

A dúvida da protagonista também dividiu o público, que formou torcida por Paco ou Giovanne nas redes sociais. A resposta, no entanto, pode surpreender o espectador que estiver procurando por um desfecho mais óbvio.

Além da história divertida, a trilha sonora do filme também é uma atração à parte. As músicas nacionais interpretadas por Melim, Anavitória, Rubel e Marcelo Jeneci, por exemplo, combinam com os momentos da trama e trazem ainda mais leveza ao longa.

É justo também mencionar que o elenco é bastante inspirado e contribui para prender o público. Além dos protagonistas, a produção conta ainda com Fafá de Belém, Thaynara OG, Roberto Bonfim e Pedro Ottoni.

No primeiro fim de semana após a estreia, Pai em Dobro rapidamente conquistou os assinantes do streaming. O filme chegou a ficar na segunda posição do Top 10 da Netflix no Brasil. Além disso, também figurou entre os títulos mais vistos em outros países, como Chile, Espanha, Hungria, Alemanha, Argentina, Luxemburgo, Canadá, Portugal, Paraguai e França.

Com direção de Cris D'Amato, o longa tem o roteiro assinado por Thalita Rebouças, Renato Fagundes, Marcelo Andrade e João Paulo Horta. Assista ao trailer:

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi a melhor série documental brasileira do ano?

Web Stories

+
Ficção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas