LISTA +16

Cine Privé no streaming: Cinco filmes com sexo e pegação para assistir na Netflix

DIVULGAÇÃO/UNIVERSAL PICTURES

As atrizes Selena Gomez (à esquerda), Rachel Korine, Vanessa Hudgens e Ashley Benson no filme Spring Breakers

Selena Gomez (à esq.), Rachel Korine, Vanessa Hudgens e Ashley Benson no filme Spring Breakers

REDAÇÃO - Publicado em 31/08/2019, às 05h43

Na madrugada deste sábado (31) para domingo (1º), às 2h, a Band volta a exibir o Cine Privé após sete anos. Os filmes eróticos chegaram a deixar a emissora na liderança de audiência nos anos 1990 e 2000, quando a internet ainda não era uma realidade tão presente na rotina do brasileiro. Agora, opções não faltam para quem gosta de assistir sexo e pegação. A própria Netflix oferece diferentes alternativas em seu catálogo.

Para a reestreia do Cine Band Privé, a emissora escalou Emmanuelle 2: A Antivirgem, de 1975. Protagonizado por Sylvia Kristel (1952-2012), o clássico fez sucesso nas madrugadas da emissora no passado.

Apesar de o serviço de streaming mais popular do mundo não disponilizar a saga erótica francesa, existem alternativas mais contemporâneas.

Quem estiver interessado em conferir todas as opções só precisa digitar "filmes adultos" na busca da plataforma. O Notícias da TV fez uma lista com cinco filmes de sexo e pegação para ver na Netflix. Confira os trailers e as sinopses abaixo:

Spring Breakers - Garotas Perigosas (2012)

Com um elenco liderado pelas ex-estrelas da Disney Selena Gomez e Vanessa Hudgens, o filme explora uma trama de sexo, drogas e crimes. Tudo começa com quatro jovens inconsequentes que assaltam um restaurante na tentativa de juntar dinheiro e tirar férias na praia durante a primavera norte-americana. No meio da confusão, conhecem um criminoso barra-pesada, interpretado por James Franco.

Desejarás o Noivo da Sua Irmã (2018) 

O filme argentino explora o caso de uma traição em família. Depois de passar os últimos sete anos longe da família, Ofelia (Carolina Ardohain) é convidada para o casamento da irmã Lucia (Monica Antonopulos), com quem sempre teve uma relação conturbada. Ao se encontrar com o futuro marido da irmã, o sedutor Juan (Juan Sorini), uma forte tensão sexual nasce entre os dois.

Branquinha (2016)

A jovem Leah (Morgan Saylor) se muda para Nova York por causa da faculdade. Ela adora beber, fumar, cheirar cocaína e vai descobrindo uma vida inconsequente após se envolver com o chefe no estágio e namorar Blue (Brian Marc), jovem traficante do bairro. Com a prisão do namorado, ela tenta fazer de tudo para tirá-lo da cadeia.

Dry Martina (2018)

Sucesso como estrela pop na Argentina durante os anos 1990, Martina (Antonella Costa) amarga um momento da vida sem fama nem qualquer tipo de relacionamento. Até então sem rumo, a situação da ex-famosa começa a mudar quando sua irmã, que estava sumida, reaparece ao lado de um namorado sedutor.

Bruna Surfistinha (2011)

Filme brasileiro que irritou o presidente Jair Bolsonaro, Bruna Surfistinha conta a história de Raquel Pacheco, a ex-garota de programa que dá nome ao longa. Com diversas cenas de sexo, a produção retrata a trajetória da jovem de classe média que saiu da casa dos pais e ficou conhecida por relatar as suas aventuras sexuais em um blog. A protagonista é interpretada por Deborah Secco.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook