Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

VELOZ E FURIOSO

Após trailer detonado, Sonic tem tudo para virar clássico da Sessão da Tarde

Fotos: Divulgação/Paramount Pictures

Com uma faixa na cabeça e segurando nunchakus, o ouriço Sonic treina artes marciais em cena de Sonic: O Filme

O ouriço azul Sonic em cena do filme que remete a Karatê Kid: diversão para toda a família

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 13/2/2020 - 4h48

Lançado em 1991 nos games, Sonic finalmente estreia nos cinemas nesta quinta (13) com um filme que leva seu nome. Apesar de ter o primeiro trailer detonado pelos fãs por causa do visual do ouriço azul, o longa é uma aventura divertida, com atrativos para toda a família e que tem tudo para se tornar um clássico da Sessão da Tarde no futuro.

Para começar, os produtores ouviram os fãs do personagem e refizeram todos os efeitos especiais para entregar Sonic com um look mais similar ao dos games. Por conta disso, gastaram mais US$ 5 milhões (R$ 21,6 milhões) e tiveram de adiar a estreia do longa em três meses. Foi apenas o primeiro passo da equipe para provar o desejo de agradar a esse público gamemaníaco.

Ao longo do filme, quem cresceu com os jogos do bicho ultraveloz vai perceber referências discretas (e outras nem tanto) a fases dos games ou mesmo ao desenho animado estrelado por Sonic entre 1993 e 1994 e exibido por aqui no SBT.

Mas mesmo quem nunca segurou um controle de videogame vai se divertir com a estreia da semana. A história começa com Sonic, ainda criança, sendo perseguido por vilões que querem usar sua velocidade para o mal. Ele usa um de seus anéis mágicos como portal para viajar entre planetas e chega à Terra, onde passa uma década escondido de todos em uma pacata cidadezinha dos Estados Unidos.

Ao perceber que não tem amigos, porém, o ouriço fica frustrado e acaba provocando uma explosão de energia que acaba com a eletricidade da região. O Pentágono, então, convoca o genial e ensandecido Dr. Robotnik (Jim Carrey, que parece se divertir muito toda vez que aparece na tela) para encontrar a causa do blecaute.

Dr. Robotnik (Jim Carrey, à esq.) e xerife Tom (James Marsden): vilão e mocinho da aventura

Para escapar de um destino como cobaia do vilão, Sonic conta com o certinho xerife Tom Wachowski (James Marsden), que sonha em ajudar inocentes, mas está preso em um local onde nada acontece --as maiores emoções do seu trabalho envolvem medir a velocidade de uma tartaruga na rodovia e retirar guaxinins do lixo.

O ouriço e o xerife embarcam em uma viagem até San Francisco, onde Sonic poderá recuperar seus anéis e usá-los para viajar a um outro planeta, livre da ameaça de Robotnik. No caminho, o apressadinho vai descobrir o valor da amizade, e o oficial da lei perceberá que, às vezes, quebrar as regras não é tão ruim assim.

Nas cópias legendadas, Sonic é dublado pelo comediante Ben Schwartz, da série Parks and Recreation (2009-2015). Já a versão brasileira do protagonista é de Manolo Rey, que já havia emprestado sua voz para o ouriço na animação Sonic X (2003-2005), exibido por aqui na Globo e no canal pago Jetix (atual Disney XD).

Confira o trailer de Sonic: O Filme, em cartaz nos cinemas brasileiros:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você acha que a Globo deu um tiro no pé em reprisar uma novela tão recente como A Força do Querer?