Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RETINOBLASTOMA

Tiago Leifert revela câncer raro na filha bebê e tratamento com quimioterapia

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Em casa, Daiana Garbin e Tiago Leifert lado a lado

Daiana Garbin e Tiago Leifert fazem vídeo para alertar pais sobre câncer ocular em crianças

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 29/1/2022 - 10h44
Atualizado em 29/1/2022 - 11h43

Tiago Leifert e a mulher, Daiana Garbin, revelaram que a filha do casal está com um câncer ocular raro e que a pequena Lua, de pouco mais de um ano, já foi submetida a tratamento de quimioterapia. Em um vídeo publicado neste sábado (29), o casal explica que resolveu abrir o drama familiar para o público na intenção de alertar outros pais.

"É muito difícil descobrir esse câncer, e é por isso que a gente está gravando esse vídeo para vocês. Normalmente acontece em crianças muito pequenas, entre os dois e três anos de vida, quando a criança ainda não fala, está muito pequenininha. Então ela não consegue expressar que ela não está enxergando mais, e os pais não também não percebem", iniciou Daiana. 

A jornalista contou para o público que o câncer em Lua foi descoberto em outubro do ano passado. "Trata-se de um retinobloastoma. É um câncer que acontece nas células da retina. Elas acabam tendo um crescimento desordenado, formam tumores que podem ser em um olhinho só, ou como é no caso da nossa filha, bilateral", detalhou a mulher do ex-apresentador do Big Brother Brasil.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Daiana Garbin com a filha Lua no colo

Daiana Garbin e Lua: família descobriu câncer ocular na bebê

Foi Tiago que identificou que a filha estava com problemas de visão. Ele notou que o movimento dos olhos de Lua era irregular e que às vezes a pequena olhava de lado para as pessoas, mas a mãe achou que não fosse nada. "Ele insistia, dizia que tinha uma luz branca estranha. Um dia eu percebi que havia um reflexo branco, como se fosse um olho de gato. E aí a gente levou ela em um oftalmologista e recebemos esse diagnóstico", narrou Daiana.

O tratamento de Lua foi iniciado há quatro meses, tempo que coincide exatamente com a saída às pressas de Tiago do The Voice Brasil. A quimioterapia utilizada neste caso foi via cateterismo. Uma espécie de fio que leva a medicação até o olho da criança. A técnica é menos agressiva, já que o medicamento que mata o câncer é direcionado para a área exata do tumor.

Segundo Leifert, o câncer nos olhos de Lua estava no grau E, que é o máximo. Após o tratamento, a menina está enxergando bem do olho esquerdo, mas o olho direito ainda está sob cuidados. "É o que mais nos preocupa. A gente ainda não sabe se está no meio, no fim do tratamento", confessou Leifert.

A decisão do casal em expor a história delicada da filha bebê surgiu com o objetivo de alertar outros pais para a saúde ocular das crianças. "Eu não estou falando em pediatra. Estou falando em oftalmo, o especialista em olho. A gente deveria ter levado a Lua no primeiro ano de vida. A gente fez isso porque a gente acho que tinha algo de diferente. Mas deveria ter levado. Nossa intenção é que você descubra antes do que a gente descobriu", desabafou.


Leia também

Enquete

Você acha que a edição 2022 de No Limite vai superar a do ano passado?

Web Stories

+
Pão Pão, Beijo Beijo chega no Viva 39 anos depois: Quais atores já morreram?Resumo de Pantanal: Madeleine sofre tragédia, e Bruaca se choca com podridão do maridoGkay já fez harmonização facial? Veja antes e depois da influenciadoraNovela Pantanal: Descubra quem é Guito, o ator que interpreta Tibério na tramaEnquete: Barraqueiro x Sem graça - Vote no casal que vai gerar caos no Power Couple

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas