Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

FAMA DE ANTIPÁTICA

Preta Gil confessa que não gostava de Carolina Dieckmann: 'Metida'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Preta Gil em entrevista para o canal de Sabrina Sato no YouTube

Preta Gil em entrevista para o canal de Sabrina Sato no YouTube; cantora abriu jogo sobre amizade antiga

REDAÇÃO

Publicado em 25/8/2020 - 21h32
Atualizado em 25/8/2020 - 22h34

Preta Gil entregou que não gostava de Carolina Dieckmann no passado. A cantora revelou que tinha preconceito contra a atriz da Globo antes de conhecê-la. "A gente tinha aquela coisinha: 'Ai, não gosto da Carol, acho ela metida'", confessou a filha de Gilberto Gil. O jogo virou por completo, e as duas são grandes amigas há 20 anos.

A revelação foi feita por Preta em entrevista para o quadro Cada Um No Seu Banheiro, no canal de Sabrina Sato no YouTube. Na conversa, a cantora contou que a amizade começou graças a uma intervenção de Ivete Sangalo. "Ela que me fez ser amiga da Carol, porque a gente não se gostava, eu e Carolina", declarou.

"A Ivete já estava de saco cheio de a gente ficar se evitando", completou. Preta admitiu que procurava se esquivar de qualquer aproximação com a intérprete de Teodora, em Fina Estampa, atualmente em reprise na Globo.

"Um dia, ela [Ivete] pregou uma peça. Inventou que a Carol não estava [em um encontro de amigas], eu fui. Quando cheguei lá, ela estava. Acabamos ficando muito amigas. A partir daquele dia a gente nunca mais desgrudou", relembrou.

"Faltava, realmente, a gente interagir. Era puro preconceito", admitiu Preta. "A Ivete fez a gente se enxergar", agradeceu.

A fama de antipática persegue Carolina em sua trajetória profissional. Em recente live para para o amigo Léo Fuchs, a atriz falou sobre os julgamentos do público. "Isso está tão antigo. Graças a Deus, está cada vez mais distante. A vida é assim, às vezes a gente faz alguma coisa...", declarou.

"Eu tenho aquele episódio do Pânico [a artista foi perseguida pelo humorístico para calçar as sandálias da humildade]. Se hoje fizessem comigo o que fizeram naquela época, eu nem precisaria me defender. As pessoas não suportariam aquele tipo de humor", considerou a atriz.

Em 2016, Reynaldo Gianecchini revelou que teve uma relação conturbada com Carolina durante as gravações de Laços de Família (2000). "A gente teve uma faisquinha no começo, quase que o santo não bateu. Não da minha parte, claro, porque eu cheguei muito humilde, mas a Carolina não gostou muito de mim, de cara", admitiu ele para o site Viva.

Os personagens dos dois --Edu e Camila-- viraram par romântico ao longo da trama, e eles superaram o estranhamento inicial. O galã assumiu que sua colega de trabalho não gostava dele.

"Ela falou: 'É, no início tinha uma resistência, sim, não acreditava em você, achava que não tinha experiência, achava que você nem era tão bonito assim'", contou.

Veja bate-papo de Preta Gil e Sabrina Sato no YouTube:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?