Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DENUNCIAVA ESTILISTA

Perfil Moda Racista é desativado após pedido de censura de Reinaldo Lourenço

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

O estilista Reinaldo Lourenço em entrevista ao canal do YouTube de Renata França, vídeo divulgado em março deste ano

Reinaldo Lourenço em entrevista a Renata França, no YouTube, em março; estilista acusado de racismo

KELLY MIYASHIRO

Publicado em 16/6/2020 - 12h55

O dono do perfil Moda Racista, que publicou denúncias de racismo contra os estilistas Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho no Instagram, decidiu desativar a conta após a Justiça determinar que o autor da página saísse do anonimato. O modista e a ex-mulher ajuizaram uma ação na 39ª Vara Cível de São Paulo para que o Facebook, empresa dona do Instagram, derrubasse o perfil. A juíza Juliana Pitelli da Guia viu a ação como "censura".

As informações foram divulgadas pela revista Veja, e o Notícias da TV teve acesso ao pedido aberto por Lourenço e Gloria. Na ação, os estilistas alegaram que suas imagens foram divulgadas sem qualquer autorização e que foram atacados de forma direta, com suas índoles e posturas profissionais sendo colocadas em cheque. Diversos prints dos Stories feitos pela página Moda Racista foram anexados. 

Na decisão, a juíza também negou a solicitação para que a ação corresse em segredo de Justiça, já que considerou o racismo como assunto de interesse público. 

"Ao que consta, foram publicados relatos de pessoas supostamente vítimas dos alegados atos, que podem ou não se comprovar verdadeiros. Não se pode ignorar que o racismo é tema polêmico e há interesse social no debate, assim, entendo que, ao menos nesta fase de cognição sumária, a remoção das imagens e/ou conteúdos publicados em referido perfil poderia configurar censura, vetada pela Constituição Federal (artigo 22, § 2º)", disse Juliana nos autos do processo.

Na sequência da decisão, a magistrada determinou que os autores da página viessem a público para terem o direito de resposta e para que pudessem comprovar as denúncias feitas contra Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho e ordenou que o Facebook retirasse o anonimato dos responsáveis pelo perfil Moda Racista.

A Justiça deu o prazo de 48 horas para a empresa de tecnologia revelar a identidade do autor ou teria que arcar com uma multa diária de R$ 5.000 em caso de descumprimento.

O Notícias da TV procurou a assessoria de imprensa do estilista Reinaldo Lourenço, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. 

Uma página intitulada Moda Racista Vive foi criada no Instagram na manhã desta terça-feira (16) para avisar que o perfil Moda Racista foi desativado, mas que não tem relação com os autores do perfil original, além de compartilhar manchetes sobre a tentativa anterior do estilista de derrubar a página. 

O blogueiro Fábio Monnerat saiu em defesa do perfil que denunciava casos de racismo no mundo da moda. "Não adianta o Sr. Reinaldo tentar calar o perfil Moda Racista. As denúncias já foram feitas e sabemos do que esse povo é capaz. ⁣Teria sido mais bonito se eles pedissem desculpas publicamente e contratassem pessoas pretas para reformular a gestão da marca, mas eles não se importam", acusou ele. 

"Com ou sem o Moda Racista, vamos continuar falando e lutando por uma moda mais justa para todos", completou o influenciador. Confira o vídeo: 


Estilista pediu perdão

No dia 8 de junho, Gloria Coelho admitiu a falha em seu comportamento a respeito das denúncias. "Reconheço que por séculos a moda privilegiou padrões de beleza eurocentristas, e que eu ou pessoas da minha equipe no passado possamos ter compactuados com isso, ou sido interpretados dessa forma. Peço perdão", declarou.

Em uma reportagem especial da revista Veja, Gloria e Reinaldo Lourenço, seu ex-marido, foram acusados de racismo. À publicação, uma ex-funcionária do estilista relatou o que já presenciou de ambos.

"Reinaldo e Gloria humilhavam as modelos que não tivessem cara de rica, sendo imprescindível terem a pele branca. Se as meninas tivessem cabelo enrolado, ele não olhava na cara", disse, sobre a seleção de talentos para a São Paulo Fashion Week.

TUDO SOBRE

Racismo

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou dos participantes do BBB21?

Adorei, prometem barraco e diversão nos próximos meses
9.31%
Não sei ainda, preciso vê-los na casa para formar opinião
39.29%
Pior que A Fazenda, tem 'famoso' ali que eu nunca ouvi falar
19.98%
Não vejo BBB, prefiro ler minha coleção de livros
31.42%