Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Fim do casamento

Par romântico é apontado como pivô do término de Débora Falabella e Murilo Benício

Reprodução/Instagram

Gustavo Vaz e Débora Falabella nos bastidores do filme Depois a Louca Sou Eu - Reprodução/Instagram

Gustavo Vaz e Débora Falabella nos bastidores do filme Depois a Louca Sou Eu

REDAÇÃO

Publicado em 7/5/2019 - 9h34
Atualizado em 7/5/2019 - 10h47

O motivo do fim do casamento de Débora Falabella e Murilo Benício pode ter sido o envolvimento da atriz com seu par romântico em Aruanas, série inédita da Globo que é uma das apostas para este ano. Gustavo Vaz ficou mais próximo de sua parceira de cena durante as gravações, no final de 2018, em Manaus, o que teria resultado no rompimento definitivo, que só foi confirmado nesta semana.

De acordo com o jornal Extra, do Grupo Globo, o romance da ficção ganhou força na vida real após Débora e Murilo se separarem, o que teria acontecido no começo de 2019. Gustavo Vaz e Débora Falabella também trabalharam juntos no set do filme Depois a Louca Sou Eu.

Gustavo Vaz e Débora Falabella no set de Aruana

Ainda segundo informações da publicação, o novo casal trocou beijos em uma balada em São Paulo, em fevereiro. Vaz, que também se separou recentemente, já está frequentando eventos na casa da atriz.

Gustavo Vaz é um dos destaques da série Coisa Mais Linda, produção brasileira da Netflix. Lígia, vivida por Fernanda Vasconcellos, é aspirante a cantora está presa em uma relação abusiva com Augusto, personagem do ator.

Aruanas

A série Aruanas leva para o Estado do Amazonas, no meio da floresta, um elenco liderado por quatro mulheres fortes. Taís Araújo, Leandra Leal, Débora Falabella e Camila Pitanga são as protagonistas que dominam a história, que ganha um tom de suspense e um complicado caso de traição. 

Aruanas é o nome de uma ONG (organização não governamental) onde se concentram todas as tramas da série. Os trabalhos no local visam a preservação do meio-ambiente amazônico e são chefiados por três mulheres.

Luiza (Leandra Leal) é uma ativista destemida e inconsequente, que não mede esforços ou perigos para chegar onde acredita que é preciso. Por viver intensamente a personagem e se arriscar de verdade nas gravações, Leandra Leal foi chamada de Lara Croft da Amazônia.

Natalie (Débora Falabella) é uma jornalista que defende as causas da ONG e chama a atenção para os assuntos relacionados a ela em suas reportagens. Verônica (Taís Araújo) completa o time como uma advogada que luta pelas demandas de preservação da floresta. As três se arriscam muito, provocam a ira de exploradores da Amazônia e têm intensas cenas de ação e perseguição.

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Divórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas