Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ADOTADA NA FICÇÃO

Paolla Oliveira congela óvulos mas não descarta adoção: 'É um gesto lindo'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Paolla Oliveira amamentando um bebê em Amor À Vida (2013); atriz ainda não tem vontade de ser mãe - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Paolla Oliveira amamentando um bebê em Amor À Vida (2013); atriz ainda não tem vontade de ser mãe

REDAÇÃO

Publicado em 25/8/2019 - 16h01

Filha adotada de Beatriz (Natália do Vale) e Otávio (José de Abreu) em A Dona do Pedaço, Paolla Oliveira não pensa em ser mãe tão cedo. Apesar disso, a atriz acredita que a maternidade virá no futuro, já que congelou seus óvulos e não descarta a possibilidade de adotar. "Acho que é um gesto lindo", disse a intérprete de Vivi Guedes na trama de Walcyr Carrasco.

Em entrevista ao jornal Extra, Paolla Oliveira avaliou que sua personagem nutre um amor verdadeiro pelos pais na novela, que a adotaram após a morte de sua mãe biológica, assassinada por um pistoleiro na primeira fase. "Adotar não é uma questão de escolha, mas de amor. Muitas vezes, até mais estabelecido e firme do que quem engravida sem querer", ressaltou a atriz.

De acordo com Paolla, ter filhos ainda não é sua prioridade, mas o congelamento dos óvulos foi uma forma de se prevenir para o futuro. Até ser escalada para a trama das nove da Globo, ela não tinha cogitado a adoção, mas agora sabe que é uma alternativa. "Não digo que é uma coisa em que eu não pensaria. Acho demais, poderia acontecer!", revelou a atriz de 37 anos.

Na novela, Paolla vive a influenciadora digital mais famosa do Brasil. Diferentemente da personagem, a atriz não precisa viver das redes sociais, e gosta de lembrar de onde veio. "Ela fica à vontade com essa exposição toda e eu não. É um exercício diário tentar blindar a Paolla lá da Penha [bairro onde morou na Zona Leste de São Paulo]. Esta, tenho só para mim e compartilho só com quem estou a fim", pontuou.

O perfil de Vivi Guedes (@estiloviviguedes) no Instagram superou a marca de 1 milhão de seguidores. Já Paolla tem mais de 19 milhões de fãs na rede social, e fica difícil evitar comparações. "As pessoas acham que sou assim, arrumada, 'Vivi Guedes' o tempo inteiro. Em casa, estou correndo pelo mato, subindo em árvore", brincou a atriz, que diz se sentir sensual de verdade quando está sem maquiagem e com o pé no chão.

Paolla também relembrou quando teve sua intimidade invadida com o vazamento de fotos suas em que aparecia se trocando nos bastidores da série Assédio (2018). "A gente não pode deixar passar essa coisa desenfreada da internet. Não aceito. Os crimes modernos não podem ser ignorados", defendeu ela, que também viu seu nome atrelado a um vídeo íntimo. 

"Quando vazam uma foto sua, quando falam que você está num vídeo em que não está, as pessoas estão impondo algo", completou. 

Apesar dos problemas que a exposição traz para a carreira artística, Paolla nunca pensou em desistir da profissão, mas já a colocou na balança. "Pesei prós e contras, e sempre o bônus foi maior. Toda vez que parei e repensei, concluí: 'Não, não vai ser maior do que eu'. A gente dá uma choradinha, tem vontade de 'matar' umas pessoas, mas segue", finalizou a atriz.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?