Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

UM MÊS DAS GÊMEAS

Nanda Costa abre o jogo sobre problemas no parto e exalta 'anjo': 'Salvou minha vida'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Lan Lahn (à esq.) e Nanda Costa segurando as gêmeas após o parto

Lan Lanh e Nanda Costa durante o parto das gêmeas Kim e Tiê; atriz relatou perrengue

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 20/11/2021 - 14h02
Atualizado em 20/11/2021 - 14h42

Nanda Costa usou as redes sociais neste sábado (20) para comemorar um mês do nascimento das gêmeas com Lan Lanh. Na publicação, a atriz também relatou momentos difíceis que teve durante o parto e exaltou o trabalho de sua obstetra, Flávia Tarabini. "Salvou a minha vida", declarou.

A intérprete revelou que sofreu uma pré-eclâmpsia e precisou antecipar o parto de Kim e Tiê em três semanas. "Tive uma gravidez tranquila, nunca me senti tão bem em toda minha vida. Mas, de repente, minha pressão subiu, meus rins começaram a parar", relembrou.

"Minha obstetra foi precisa, cirúrgica e, graças a Deus, salvou a minha vida! Minha mulher não saiu do meu lado um segundo sequer", relatou a artista, que agradeceu o trabalho a profissional de saúde. Segundo Nanda, Kim nasceu um minuto antes de Tiê, pesando pouco menos de dois quilos.

Por causa disso, a primogênita foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital para ganhar peso, enquanto a caçula foi para o quarto com o casal. "Tive que me dividir entre quarto, UTI e passagens pelo lactário para tirar leite e alimentar a pequena Kim, que chegou a 1,6kg", escreveu a atriz.

A atriz contou ainda que passou por um perrengue durante a internação por causa das obras que estavam acontecendo no hospital. "Dois dias depois do parto, entre essas idas e vindas, fiquei presa no elevador, o que aumentou ainda mais a minha pressão e potencializou meu puerpério", relatou.

Nanda ainda precisou ficar internada uma semana após o parto para normalizar e controlar sua pressão. A gêmea mais nova teve alta junto com a mãe, enquanto a mais velha precisou permanecer internada até completar dois quilos, o que aconteceu duas semanas depois de seu nascimento.

Neste meio tempo, Nanda teve uma nova alta em sua pressão e precisou ser internada também na UTI. "Nasci mãe no susto e 'padecer no paraíso' nunca fez tanto sentido", desabafou ela. "Mesmo sabendo que seria assim, faria tudo de novo pra receber a benção que é ter Kim e Tiê nas nossas vidas", afirmou.

Confira o relato completo abaixo:

TUDO SOBRE

Nanda Costa


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.