Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVA FASE

Nada de mocinha, Marina Ruy Barbosa quer interpretar vilãs loucas

Rodrigo Zorzi/Divulgação

Marina Ruy Barbosa durante evento realizado em São Paulo na última quinta-feira (9) - Rodrigo Zorzi/Divulgação

Marina Ruy Barbosa durante evento realizado em São Paulo na última quinta-feira (9)

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 13/6/2016 - 5h33

Quinze dias após o final de Totalmente Demais, Marina Ruy Barbosa começa nesta semana a viver Isabela na série Justiça,  que a Globo exibirá no lugar de Liberdade, Liberdade no segundo semestre. Seus parceiros de cena serão Jesuíta Barbosa, com quem fará par romântico, e Débora Bloch, sua mãe. A atriz tem engatado um trabalho após o outro na TV nos últimos anos e afirma que quer continuar assim. "Comecei a trabalhar muito jovem, aos 9 anos, mas quero aproveitar as boas oportunidades. Quero desafios, quero viver vilãs loucas", diz.

Escalada para a trama quando ainda fazia a mocinha da novela das sete, a ruiva conta que só pôde estudar o novo papel após a saga de Eliza chegar ao fim. O processo foi rápido e teve a ajuda de uma psicanalista. Ela não revela se a personagem será do bem ou do mal, diz apenas que é totalmente diferente da modelo da novela das sete.

"Eliza era marrenta, desconfiada, bruta. Já Isabela é uma menina mais solta, livre, mas não é uma mocinha. Vou mudar um pouco, mas ainda não foi definida a caracterização. Vai ser tudo nesta semana", fala.

Justiça terá 20 episódios, escritos por Manuela Dias. São quatro histórias diferentes que se entrelaçam. Os protagonistas mudam a cada dia da semana; quem é protagonista na segunda vira figurante de luxo na terça, por exemplo. A trama de Isabela será apresentada às segundas-feiras. Ela será será assassinada após ser flagrada pelo noivo em uma traição.

Marina conta que já faz o desenvolvimento de suas personagens com uma psicanalista há algum tempo, que isso não é exclusividade de Isabela. A atriz estuda o perfil do personagem junto com a terapeuta para criar memórias. "Você cria como foi a infância da personagem, o que ela gosta de se ver, como é cada relação dela com os outros personagens, quais sensações ela gosta de sentir", explica. 

Para a ruiva, fazer papéis mais maduros é muito interessante, afinal ela ainda tem só 20 anos. "Comecei muito jovem e tive oportunidade de fazer trabalhos bem diferentes e bons, como a Maria Isis, de Império, ou a noiva-cadáver de Amorteamo, que era uma série de expressionismo alemão. Veio em seguida a Eliza e agora a Isabela. Isso é uma grande realização. Estou plena.”

Na semana passada, ela participou do lançamento de uma nova coleção da marca John John em São Paulo. A atriz é muito requisitada para presenças VIPs, mas diz que sua ligação com moda e beleza não está atrelada aos contratos para participar de eventos. "São assuntos que amo. Me atualizo sempre. Eu tenho um guarda-roupa grande, mas compro as peças certas. Gasto mais dinheiro em bolsas e peças clássicas, e só empresto a minha imagem e defendo produtos que acredito."


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas