Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LUTO

Morre o desenhista Daniel Azulay, vítima de coronavírus, aos 72 anos

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Daniel Azulay em foto publicada em seu Facebook

O desenhista Daniel Azulay morreu aos 72 anos nesta sexta-feira (27), vítima do novo coronavírus

REDAÇÃO

Publicado em 27/3/2020 - 21h17

Daniel Azulay morreu aos 72 anos na tarde desta sexta-feira (27), no Rio de Janeiro. O desenhista e artista plástico, que participou do seriado infantil Rá-Tim-Bum, na TV Cultura, contraiu Covid-19 e estava internado na capital carioca. O comunicado da morte foi publicado por sua equipe em sua página oficial no Facebook.

"Com extremo pesar comunicamos que nosso querido Daniel Azulay faleceu hoje a tarde no Rio de Janeiro. Ele estava tratando uma leucemia e contraiu coronavírus. Sua alegria continuará em todos nossos corações para sempre. Faremos rezas virtuais para ele nos próximos dias em virtude do isolamento. Daniel, te amamos", diz a nota.

Nascido no Rio de Janeiro em 30 de maio de 1947, Azulay formou-se em Direito pela Universidade Cândido Mendes, em 1969. A formação foi uma imposição do pai. Nessa mesma época, começou a publicar suas primeiras histórias em quadrinho em revisas e jornais, como O Pasquim --semanário que saiu de circulação em 1991. 

Ele atuou como desenhista, compositor e autor de livros infantojuvenis.  Foi pensando nesse público que criou a rede de escolas Oficina de Desenho Daniel Azulay.

Na televisão, ficou famoso ao apresentar durante mais de 15 anos a Turma do Lambe-Lambe, que começou como tirinha, na extinta TVE e na Rede Bandeirantes.

Por mais de 25 anos, Azulay foi pioneiro no assunto educação e entretenimento para o público infantil. Também foi empresário, apresentador e compositor.  O bordão "algodão doce pra você" é uma de suas criações.

Relembre A Turma do Lambe-Lambe: 

:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você acha que a Globo deu um tiro no pé em reprisar uma novela tão recente como A Força do Querer?