Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DESABAFO

Monique Evans acusa a ex de mentir sobre fim do namoro: 'Foi covarde'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Monique Evans e a ex-namorada Cacá Werneck em foto na praia

Monique Evans e a ex-namorada Cacá Werneck: ex-modelo desabafou sobre o término do namoro com a DJ

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/10/2020 - 18h39

Após o término de seu namoro com Cacá Werneck, Monique Evans decidiu fazer um longo desabafo. Ela explicou os motivos que levaram ao fim do relacionamento, atacou a ex e a acusou de mentir sobre o desfecho da relação ao apontar a sua filha, Bárbara Evans, como culpada pela separação. "Ela foi covarde ao mexer com a minha família", disse.

Segundo Monique, as brigas foram determinantes para que o relacionamento não prosseguisse. Também contribuiu o fato de Cacá ter alugado um apartamento sem avisar.

"Nós vínhamos brigando muito desde o momento em que ela alugou um apartamento sem eu saber. Fiquei chocada, sem entender nada. Aquilo me chocou muito porque foram quase seis anos juntas morando aqui em casa, sem ela pagar nada. Não tinha necessidade", afirmou nos Stories. "Também brigamos porque ela fez lives sem tomar cuidados, beijando pessoas, sem máscara. E aí a gente se separou e eu tive covid-19", acrescentou.

A ex-modelo ficou irritada com a postura da DJ, que decidiu expor o fim do romance no A Tarde É Sua, comandado por Sonia Abrão, na RedeTV!, e também com os comentários a respeito de sua vida financeira. Também não gostou de ouvir que não era mais famosa.

"Ela apareceu aqui, já depois que terminamos. E eu disse para ela para passarmos a informação do término para o Leo Dias, que é nosso amigo, mas ela resolveu contar para um programa de televisão de fofoca", contou, em referência à atração de Sonia Abrão.

"Esse programa começou a falar coisas que me magoaram demais, questionando minha vida financeira, como se ela fosse uma super DJ, como se ela me sustentasse", desabafou.

"Eu tenho 64 anos e já não estou mais numa idade de trabalhar. Quero descansar, quero paz, e eu posso ter isso porque eu recebo aluguéis de uma casa em São Paulo. Moro em Ipanema numa casa maravilhosa, tenho dinheiro guardado porque trabalhei 30 anos como modelo e também trabalhei na televisão", emendou.

Monique afirmou que Cacá culpou a sua filha pela separação porque ficou enciumada. No entanto, confirmou que a crise piorou depois que a herdeira a convidou para passar alguns dias em sua casa em Adolfo, no interior de São Paulo.

"Ela meteu a Bárbara no meio porque ela ficou com ciúme de ela arrumar um homem para mim. E esse programa de televisão falou que eu seria leiloada. Como assim, com 64 anos ser leiloada? Eu quero paz, não quero homem ou mulher nenhuma", esbravejou.

"Vamos acabar com essa fofocaiada. A verdade é que nos separamos porque estávamos brigando muito. Só queria que minha filha não fosse colocada nessa história. Realmente vou passar oito dias lá [com a Bárbara] e o meu futuro eu quero que seja lá, com minha filha e meus netos. So queria estar em paz", prosseguiu.

Monique falou sobre a sua saúde mental e declarou que a ex-namorada também chegou a ser internada. "Nesse programa também disseram que ela cuidava da minha saúde mental. Ela já foi internada e também tem problema. Eu estava cuidando mais dela do que de mim. Eu tive que esquecer a minha doença para cuidar dela", declarou.

Por fim, a ex-apresentadora pediu paz, manifestou o desejo de não se envolver mais em confusão e colocou fim a qualquer possibilidade de reatar o namoro.

"Estou cansada de confusão. Quero curtir minha filha, netos, minha mãe enquanto eu posso. Não quero mais ouvir falar dessa pessoa", desejou. "É muito ódio no coração. Só peço paz, para você me deixar em paz. Nunca mais quero te ver. Enjoei da sua voz, enjoei de você. Ainda bem que me livrei de você. Muito triste ter vivido seis anos com essa pessoa", concluiu.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?