Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Indignação

Marcos Caruso critica Regina Duarte por omissão na morte de Moraes Moreira

Reprodução/Globo

Marcos Caruso em vídeo que gravou em sua casa, com expressão de tristeza

Marcos Caruso em vídeo que gravou em sua casa, criticando a falta de notas de pesar para artistas que morreram

REDAÇÃO

Publicado em 18/4/2020 - 9h12

Marcos Caruso demonstrou tristeza e indignação pela omissão da Secretaria Especial de Cultura, comandada por Regina Duarte, em relação às mortes de artistas brasileiros nos últimos dias. O ator criticou o fato de não terem sido emitidas notas de pesar em homenagem às contribuições do cantor Moraes Moreira (1947-2020) e dos escritores Rubem Fonseca (1925-2020) e Luiz Alfredo Garcia-Roza (1936-2020) ao Brasil.

O vídeo de Caruso tem circulado nas redes sociais por pessoas que compartilham de seu sentimendo de inconformidade. "Muitas palavras poderiam traduzir o meu sentimento, mas eu prefiro dizer que, no mínimo, eu estou triste. É o mínimo sentimento diante do que eu esperaria que no mínimo fosse feito pela Cultura do meu país", ele começou dizendo em seu discurso.

"Há poucos dias, em quatro dias perdemos três dos maiores expoentes da nossa cultura. E, por conta do isolamento social, filas não se aglomeraram diante do [Teatro] Municipal pra se despedir do Moraes Moreira. A Academia Brasileira de Letras não fez grandes homenagens para Rubem Fonseca, e Garcia-Roza foi enterrado só entre amigos e parentes", lamentou.

"Então eu acho que uma nota de pesar, em nome do Brasil aos seus filhos eméritos, poderia ter sido dada. Seria o mínimo. Cultura também é cultivar bons hábitos", alfinetou o ator. Ele não citou nomes, mas deixou implícita sua crítica a Regina Duarte e ao presidente, Jair Bolsonaro.

Nas redes sociais, outros atores também compartilharam o vídeo de Caruso. José de Abreu, que já deixou clara sua repulsa por Regina Duarte, reproduziu a última frase do vídeo em um post no Instagram. Lucio Mauro Filho fez um texto sobre o que o colega disse e lembrou de seu pai, Lucio Mauro (1927-2019). Também não houve nota de pesar na época da morte dele, em maio de 2019.

"No ano passado perdi meu pai, pioneiro do audiovisual brasileiro, amado pelo povo, e também não recebi nenhuma declaração de condolências do governo federal. Foi assim com João Gilberto, Beth Carvalho e tantas outras lendas que fizeram a cultura brasileira ser respeitada em todo mundo. Graças a Deus, o povo foi aos teatros e às ruas para demonstrar seu amor por esses ídolos", lembrou o ator de Malhação - Viva a Diferença.

"Agora que estamos todos em casa, o mínimo que podíamos esperar era uma palavra de pesar, de carinho para com as famílias desses brasileiros ilustres que acabaram de partir. Mas desse governo não dá para esperar nada de humano. Quem tem desprezo pela dor alheia não tem credibilidade para vir falar em Deus", criticou Lucio Mauro Filho.

Confira o vídeo de Caruso:

Ver essa foto no Instagram

Meu querido amigo Marcos Caruso, você como sempre é um farol, um exemplo de artista e cidadão. Faço minhas as suas palavras. No ano passado perdi meu pai, pioneiro do audiovisual brasileiro, amado pelo povo e também não recebi nenhuma declaração de condolências do governo federal. Foi assim com com João Gilberto, Beth Carvalho e tantas outras lendas que fizeram a cultura brasileira ser respeitada em todo mundo. Graças a Deus, o povo foi aos teatros e às ruas, para demonstrar seu amor por esses ídolos. Agora que estamos todos trancados em casa, o mínimo que podíamos esperar era um palavra de pesar, de carinho para com as famílias desse brasileiros ilustres que acabaram de partir. Mas desse governo não dá para esperar nada de humano. Quem tem desprezo pela dor alheia, não tem credibilidade para vir falar em Deus. Obrigado por sua lucidez Caruso! Viva Moraes Moreira, viva Rubem Fonseca, viva Garcia-Roza! Viva a cultura brasileira! 🇧🇷✨ #brasil #culturabrasileira

Uma publicação compartilhada por Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) em


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?