Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ÁLBUM VISUAL

Manu Gavassi encerra ciclo do BBB20 com Gracinha: 'Coragem de ser quem sou'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Manu Gavassi de cabelo ruivo e ondulado

Manu Gavassi em foto publicada nas redes sociais; cantora lançou o álbum visual Gracinha

PAOLA ZANON

paola@noticiasdatv.com

Publicado em 5/12/2021 - 6h40

Manu Gavassi inovou mais uma vez e lançou um álbum visual no Disney+ para divulgar as faixas de Gracinha. Em entrevista ao Notícias da TV, a cantora contou que o projeto foi o fim de um ciclo que começou pouco antes de sua participação no BBB20. "Comecei a ter coragem de ser quem eu sou", declarou ela.

A artista abriu o coração e confessou que antes do reality show, tinha muito medo de ser julgada. As coisas começaram a mudar quando ela lançou a série Garota Errada, no YouTube. Os vídeos também serviram como material para suas redes sociais enquanto ela estava confinada --algo que virou tradição para participantes de realities depois disso.

"Comecei a engatinhar nisso de roteiro, de direção, de não ter tanto medo assim das pessoas e falar mesmo o que eu queria falar. O BBB potencializou isso, portas se abriram para mim como eu nunca tinha visto antes", contou ela.

Logo que saiu do confinamento, Manu iniciou as gravações de Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim, que também virou um curta para lançar a música de mesmo nome. "Eu pude imprimir mais a minha visão. Assinei direção, assinei roteiro, já estava muito mais corajosa", detalhou a artista.

A ex-BBB também estampou diversas campanhas publicitárias, assinou coleções e colaborações e gravou Maldivas, série que estreia na Netflix em 2022. Para ela, Gracinha deveria ser a junção de tudo o que ela aprendeu nos últimos dois anos, mas não foi um momento fácil.

Gravar um álbum depois de anos era um momento de muita tensão, muito medo de ser julgada, eu estava apavorada. Sinto que fechei um ciclo de entender quem eu era e como eu queria trabalhar.

Álbum visual

Com nove faixas inéditas, Gracinha teve um lançamento fora do comum, com um curta musical de aproximadamente 40 minutos no streaming. "O Disney+ me abriu as portas de uma maneira muito mágica. Eu tinha um sonho. Ainda não tinha o roteiro pronto, só que na minha cabeça, eu tinha sede de fazer acontecer", confessou ela.

Manu levou sua ideia para os produtores, que gostaram e fecharam a parceria. Além de cantar e atuar, a artista também participou do processo de criação dos roteiros e da parte estética --como direção de arte, maquiagem, figurino e ambientação. Mas, segundo ela, o grande diferencial do projeto foi trabalhar com pessoas que não eram do cinema.

"Eu também não fiz faculdade de Cinema, só que eu vou me jogando e consigo trazer pessoas muito talentosas, que pensam como eu", declarou. A cantora ainda revelou que espera uma nova parceria com a plataforma de streaming. "A Disney falou: 'Você está com um brilho nos olhos tão grande, que a gente quer', e começou. Espero que tenham projetos futuros", afirmou ela.

A primeira faixa do álbum apresentada ao público foi Eu Nunca Fui Tão Sozinha Assim, que o público logo ligou à música Eu Sou Bem Melhor Sozinha, de Luísa Sonza. Manu também deixou as portas abertas para uma possível parceria com a gaúcha. "Luísa, se for sério, me liga! Quem sabe? Eu ia me divertir muito", brincou ela.

Confira abaixo o trailer de Gracinha:


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas