Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA TV PORTUGUESA

Luana Piovani aponta dor dilacerante após aborto e travada por abuso sexual

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A atriz Luana Piovani usa camia vermelha regata e olha com tristeza para frente durante entrevista a um programa da TV portuguesa

Luana Piovani em entrevista que concedeu ao programa português Alta Definição, da SIC

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 22/1/2022 - 20h16

Com o ex-marido confinado no BBB 22, Luana Piovani abriu seu baú de histórias em uma entrevista exibida neste sábado (22) em um programa de TV de Portugal. A atriz, que tem três filhos da sua relação com o surfista Pedro Scooby, contou que teve um aborto espontâneo que a deixou extremamente abalada. Ela também comentou sobre os abusos sexuais que sofreu na infância e como passou anos travada, sem conseguir falar sobre o trauma. 

"A mulher vem com uma carga quando ela nasce, que é a de gerar e parir. Eu sempre tive vocação para mãe, gosto de crianças. Quando sofri um aborto espontâneo, eu me senti incapaz. E eu me sinto muito capaz, eu sei que sou muito capaz. Mas é um incapaz que não tens domínio e é uma dor dilacerante, mas ela passa", disse a atriz.

O apresentador Daniel Oliveira questionou se demorou para isso passar. "Uns quatro anos", respondeu a brasileira, que se entristeceu e ficou com os olhos marejados ao relembrar do episódio.

No trecho da entrevista disponibilizado no site da SIC, Luana não revelou quando isso aconteceu. A emissora portuguesa se refere a Luana em algumas reportagens como "rainha das polêmicas"

Em outro trecho dessa entrevista, ela comentou o trauma que a acompanha desde criança. "Não identifiquei como uma coisa que devesse pedir socorro e contar para a minha mãe. Sabia que não era certo, mas como não estava com medo, nem machucada e não levei como uma agressão, ficou ali. Aconteceu umas duas ou três vezes", lembrou Luana.

Ela só conseguiu contar essa história em uma entrevista que deu a Xuxa. "Eu fiz dez anos de terapia e, depois, acho que oito anos de psicanálise, e eu nunca levei esse assunto para eles. Nunca contei para minha mãe e para meu pai até porque são as pessoas mais difíceis de você contar uma coisa como essas, porque eles ficam completamente atordoados", afirmou a atriz. 

Ela lembra que tinha uns oito ou nove anos. "Eu resolvi... Amarrei e coloquei em um pacotinho tão alto da minha estante para que não tenha me causado sequelas depois", completou a artista. A atriz ainda explicou ao apresentador que foi abuso, quando se é tocado, e não violado.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.