Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MEA CULPA

Felipe Neto anuncia fim de piadas gordofóbicas em seu canal: 'Corpos não são engraçados'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Imagem de Felipe Neto usando uma camiseta marrom em vídeo de seu canal no YouTube

Felipe Neto em vídeo do seu canal no YouTube; influenciador não irá mais fazer piadas sobre corpos

REDAÇÃO

Publicado em 17/7/2020 - 10h42

Felipe Neto anunciou que não irá mais fazer piadas de cunho gordofóbico em seu canal no YouTube. Após receber um relato de um pai de adolescentes, que são seus fãs, o youtuber repensou a necessidade de tirar sarro das pessoas que estão acima do peso. "Não posso corroborar com a cultura de cobrança sobre os corpos das pessoas. Corpos não são engraçados", refletiu.

"Percebi que nos últimos anos, fiz algo errado, sem nenhuma maldade. Recebi um feedback de um pai que me tocou muito. Ele escreveu um depoimento sobre o quanto ele era meu fã e assistia ao canal com os dois filhos e ele falou: 'Eu amo seu canal, mas me sinto muito constrangido quando você faz piada com o corpo do Bruno [Corrêa], porque eu sou gordo'", relatou.

Neto admitiu que não entendia essas brincadeiras como uma ofensa, por se tratar de um amigo. "Se eu sou muito amigo de uma pessoa, eu sempre achei que fosse tudo bem fazer piada com ela sobre essas coisas, até porque o Bruno também brincava comigo de volta com a minha velhice", justificou.

"Sempre achei que não teria nada de mais, até porque eu reforçava nos vídeos, falava 'não faça piada com o corpo alheio, se você não tem intimidade com essa pessoa'. Mas depois desse depoimento do pai, entendi que a questão do corpo é muito mais profunda", continuou ele. "Quando eu sacaneio o Bruno, estou validando brincadeiras que ajudam que essa imposição estética da magreza seja implementada", afirmou.

Felipe levou em consideração a responsabilidade que tem em influenciar crianças e adolescentes, então tomou a decisão de não fazer mais piadas gordofóbicas. Neto classificou essa mudança como um divisor de águas em seu canal. "Nunca mais vou fazer qualquer piada ou comentário de cunho depreciativo sobre isso", prometeu.

Há algumas semanas, o influenciador digital havia pedido dicas em seu Twitter sobre outros influenciadores que abordassem o tema da gordofobia e a pressão estética para estudar mais o assunto.

O irmão de Lucas Neto também lembrou que já sofreu por causa da pressão do padrão estético, mas por ser magro demais. "Eu odiava meu corpo, passei a adolescência tendo muita vergonha, me recusava a ir para a praia. Qualquer ambiente que eu ficasse sem camisa, me constrangia", relatou. "Eu que fui vítima, não poderia reforçar estereótipos baseados em corpos", concluiu.

"Não tem a ver com o politicamente correto, tem a ver com meu compromisso de melhorar a cada dia. Corpos não são engraçados", finalizou. Essa não é a primeira vez que Neto revisa suas atitudes ao longo da carreira. O youtuber já se desculpou por vídeos machistas e homofóbicos que fez no passado, refletiu sobre cobranças que poderiam parecer racistas e passou por mudanças em sua visão política

Confira abaixo o vídeo completo:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?