Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LUTO NO RÁDIO

Radialista José Paulo Andrade morre aos 78 anos após ser internado com Covid-19

DIVULGAÇÃO/BAND

José Paulo de Andrade na bancada da Rádio Bandeirantes

José Paulo de Andrade apresentava O Pulo do Gato, na Rádio Bandeirantes, onde trabalhou durante 57 anos

REDAÇÃO

Publicado em 17/7/2020 - 9h58

O radialista José Paulo de Andrade morreu na manhã desta sexta-feira (17), aos 78 anos, em decorrência de complicações do novo coronavírus (Covid-19). Ele apresentava o clássico programa O Pulo do Gato, na Rádio Bandeirantes, desde a estreia em 1973. O jornalista estava internado desde o dia 7 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

De acordo com a emissora, o jornalista sofria de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e, por esta razão, já apresentava os programas de sua casa, muito antes do início da quarentena por causa da pandemia do coronavírus.

"Com uma voz firme, amplo conhecimento político-econômico, são-paulino fanático e um dos maiores formadores de opinião do Brasil, José Paulo tinha um coração gigante e um caráter ímpar", diz a nota enviada pelo Grupo Bandeirantes.

A família decidiu que não haverá velório e que a cerimônia de cremação está reservada aos amigos e familiares mais próximos. José Paulo de Andrade deixa mulher, dois filhos e uma neta.

Nascido em São Paulo, José Paulo de Andrade trabalhava na Rádio Bandeirantes  desde 1963, onde ingressou como locutor esportivo, função que exerceu ao longo de 14 anos. Depois disso, passou pelo jornalismo como apresentador e comentarista.

Na TV, participou de debates políticos e foi âncora de telejornais como Titulares da Notícia, Jornal de São Paulo, Rede Cidade, Band Cidade e Entrevista Coletiva. Ainda na Band, interpretou Don Diego/Zorro em As Aventuras do Zorro, em 1969.

Em 1978, o jornalista substituiu Vicente Leporace (1912-1978) no programa O Trabuco, que foi trocado pelo Jornal Gente e ficou 35 anos no ar.

O clássico O Pulo do Gato, seu trabalho mais longevo, estreou em 1973 e figurou como um dos programas mais ouvidos do rádio brasileiro. "Com 57 anos de Rádio Bandeirantes, José Paulo de Andrade deixará um legado indiscutível, um vazio enorme e muitas saudades", finaliza a emissora, em nota.

Veja a homenagem da Rádio Bandeirantes a José Paulo de Andrade:

Leia também

Web Stories

+
Lançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundoDe sequestro-relâmpago a surto de ciúme: Veja a história de Kyra e Alan em Salve-se Quem PuderDe buraco de minhoca à salvação do Tesseract: O que você precisa saber antes de ver LokiDe harmonização facial a Dança dos Famosos: Veja como está o elenco de A Gata Comeu

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor série nacional lançada em 2021?