Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

JEAN PAULO CAMPOS

Família do eterno Cirilo deve R$ 100 mil, é despejada e processada na Justiça

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Foto do ator Jean Paulo Campos olhando sério e usando chapéu

Jean Paulo Campos, que interpretou Cirilo em Carrossel em 2012; família do ator tem dívida

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 26/11/2021 - 10h00

A família de Jean Paulo Campos, intérprete do eterno Cirilo de Carrossel (2012), está devendo mais de R$ 100 mil na Justiça em um processo por inadimplência. Os pais do ator alugaram um imóvel em Guarulhos, na Grande São Paulo, mas atrasaram os pagamentos até uma ação de despejo ser decretada.

O Notícias da TV teve acesso a partes do processo aberto por João Luiz do Rosário e que tramita no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Em uma sentença proferida em 6 de abril deste ano, o juiz Luiz Gustavo de Oliveira Martins Pereira decretou uma ordem de despejo para Alacrino Cláudio de Campos Monteiro e Nilza de Fátima Santos, pais de Jean Paulo Campos. 

Segundo os autos, o casal realizou um contrato de locação de um imóvel em Guarulhos com vigência entre 3 de novembro de 2017 e 2 de maio de 2020 e prorrogação por tempo indeterminado mediante pagamento de aluguel mensal no valor de R$ 3.410,09.

Os réus haviam ofertado um caução de R$ 9 mil, mas não quitaram os aluguéis de abril a novembro de 2020. Parte do pagamento chegou a ser realizado em dezembro, mas a dívida seguiu em aberto.

No processo, a defesa de Alacrino e Nilza contesta que eles deixaram de pagar os aluguéis devido às más condições do imóvel, já que reparos foram necessários durante a locação. Entretanto, o juiz entendeu que os fatos não desobrigavam os inquilinos do cumprimento do contrato.

"Ainda que o imóvel locado tenha se tornado inabitável em razão da existência de vazamentos e infiltrações, caberia à locatária pleitear a rescisão contratual e pagar os aluguéis e encargos para posteriormente discutir a dívida e não simplesmente deixar de honrar suas obrigações", explica a sentença. 

A família foi despejada após o proprietário exigir a rescisão contratual. Agora, João Luiz do Rosário exige o ressarcimento dos aluguéis atrasados, a reparação de danos causados ao imóvel, os honorários advocatícios e as multas por infração do contrato de locação. Com os valores corrigidos, a somatória da dívida chega a R$ 108 mil.

O documentado citado está aberto ao público e foi consultado diretamente no site do TJ-SP. 

Outros lados

Procurado pela reportagem, o advogado do proprietário, Gustavo Goedert, confirmou que o processo está correndo na Justiça e avisou que o cliente não pretende se manifestar. Já a assessoria de imprensa de Jean Paulo Campos alegou que a história é uma tentativa de extorsão.

Entretanto, em contato com a reportagem, o advogado da família de Campos, Marcos Vinícius Fernandes de Oliveira, disse que os clientes realmente deixaram de efetuar os pagamentos por dificuldades financeiras e que pretende chegar a um acordo com o dono do imóvel. 


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas