Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ORGULHO LGBTQIA+

Ex-Trem da Alegria, Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos: 'Muito orgulho'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Patricia Marx usa blusa preta durante entrevista para programa Luciana by Night

Patricia Marx, em 2019, durante participação no programa Luciana by Night; cantora se assumiu lésbica

REDAÇÃO

Publicado em 29/6/2020 - 17h50

Aos 46 anos, a cantora Patricia Marx se assumiu lésbica. Em uma publicação realizada na madrugada desta segunda-feira (29) no Instagram, ela homenageou o Dia do Orgulho LGBTQ+, celebrado no domingo (28), e fez o anúncio. "Sou gay com muito orgulho", disse a ex-integrante do grupo musical Trem da Alegria, sucesso na década de 1980.

Na publicação, Patricia aparece junto com a sua namorada, apresentada apenas como Renata. Nos comentários, fãs da cantora parabenizaram o anúncio e desejaram felicidade ao casal. Patricia também compartilhou um trecho da música É de Chocolate, um dos hits do grupo infantil, para celebrar o relacionamento: "Por detrás do arco-íris, além do horizonte, há um mundo encantado feito pra você".

"Sempre fui [lésbica], mas antes não conseguia me assumir. Acontece muito, não?", respondeu ela após ser questionada por fãs sobre o relacionamento com o ex-marido, o produtor musical Bruno E.

Patricia conquistou projeção nacional após participar do programa Clube da Criança, apresentado por Xuxa Menenghel em 1983 na Manchete. No ano seguinte, entrou para o grupo musical Trem da Alegria, febre com o público infantojuvenil durante a década de 1980, com as músicas Uni, Duni, Tê, É de Chocolate, entre outras. Desde 1987, ela segue carreira solo.

No final de semana, os atores Igor Cosso (o Júnior, de Salve-se Quem Puder) e João Cortês também se assumiram gays nas redes sociais.

Confira a publicação de Patricia Marx:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?