Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LUTO

Ex-integrante do grupo Menudo, cantor Ray Reyes morre aos 51 anos

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Ray Reynes de óculos escuros e camisa com botões abertos em entrevista para o programa Sueiro Directo, em maio de 2020

O cantor Ray Reynes em entrevista para o programa Sueiro Directo, em maio de 2020

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/5/2021 - 8h09
Atualizado em 1/5/2021 - 10h46

O cantor Ray Reyes (1970-2021) morreu nesta sexta-feira (30), aos 51 anos, em sua casa em Porto Rico. A morte foi confirmada pela assessoria de imprensa dele, e a causa ainda não foi divulgada. Ray Reyes ficou muito conhecido no Brasil como um dos integrantes do grupo Menudo, que fez muito sucesso entre os jovens nos anos 1980.

O comunicado sobre a morte do artista foi publicado nas redes sociais na noite de sexta por Lidda Acosta, relações públicas que representava Reyes.

"Nosso Ray Reyes partiu de nosso plano terreno. Neste momento de dor, a família pede espaço. Pedimos oração por sua família, amigos e fãs ao redor do mundo. Mais tarde, quando tivermos os detalhes, iremos informá-los. Agradecemos seu respeito e deferência", disse ela. Confira a nota de pesar:

Raül Reyes, irmão de Ray, também se pronunciou e fez uma despedida emocionante numa publicação no Facebook.

"Com uma dor enorme na minha alma, informo que o meu amado irmão Ray Reyes faleceu. Rogo que nos deem espaço para digerir toda esta situação e por favor orem pela nossa família, principalmente pela minha mãe, que está [em situação] delicada. Também vos peço que nunca esqueçam o legado dele, hoje mais do que nunca precisamos nos unir, nunca deixar de expressar o amor e carinho que sentimos pelo próximo. Isso é um ensinamento do universo!", escreveu ele. Confira:

Ray Reyes nasceu em Nova York em 1970 e se tornou famoso ao se tornar um dos integrantes do Menudo em 1983, substituindo Xavier Sebá. A banda juvenil virou febre no Brasil --ficou famosa inclusive a participação deles no programa Viva a Noite, no SBT, em 1984. Relembre:

Os "menudos" venderam milhões de cópias de discos e têm como maior hit a música Não se Reprima. Reyes gravou quatro álbuns com o Menudo: A Todo Rock (1983), Reaching Out (1984), Mania (1984, este gravado em português) e Evolución (1984), que rendeu a primeira indicação do grupo ao Grammy.

Ele permaneceu no conjunto até 1985, quando deu início a uma carreira solo no Brasil. Lançou aqui dois álbuns: Minha Música (1986), com repertório em português, e Una y Otra Vez, cantando em espanhol.

Em 1988, se juntou ao trio Proyecto M, com dois ex-companheiros de banda, Rene Farrait e Johnny Lozada. Já em 1998 fez shows com outros ex-integrantes do Menudo (Farrait, Lozada, Ricky Meléndez, Miguel Cancel e Charlie Massó), numa turnê chamada de El Reencuentro. Apresentações desta reunião aconteceram até 2019. Confira um vídeo do show:

Nos últimos anos, Reyes continuava fazendo shows por países das Américas Central e do Norte, numa turnê chamada Súbete a Mi Moto.

Ray Reyes deixa dois filhos, Marcos e Cecilia.

TUDO SOBRE

Obituários


Leia também

Web Stories

+
Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusãoPereirão, Lurdes e Edilásia Sardinha: veja 7 mães marcantes das novelas brasileirasCaso Evandro e A Mulher na Janela chegam aos streamings; saiba maisPróximos filmes da Marvel têm Pantera Negra e Os Eternos; confira lista completa

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?