Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LUTO

Edson Montenegro, ator de Cidade de Deus, morre de Covid-19 aos 63 anos

Divulgação/Gain Agenciamento

De camiseta preta e óculos, Edson Montenegro sorri para a câmera

O ator Edson Montenegro morreu neste domingo (21) aos 63 anos em decorrência da Covid-19

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 21/3/2021 - 10h52
Atualizado em 21/3/2021 - 14h12

Morreu neste domingo (21), aos 63 anos, devido a complicações da Covid-19, o ator Edson Montenegro. Ele atuou em novelas como Apocalipse (2019), da Record, e em Cúmplices de um Resgate (2015), do SBT, mas ficou marcado pelo filme Cidade de Deus (2002), no qual interpretou Dito, o pai de Buscapé (Alexandre Rodrigues).

A informação foi confirmada ao Notícias da TV por Ivan Neves, um dos agentes do ator. "Ele morreu hoje à 0h40, de parada cardíaca, decorrente de complicações da covid", informou em nota.

Montenegro estava internado desde o dia 12 na UTI do Hospital Paulistano, em São Paulo, e teve cerca de 55% dos seus pulmões comprometidos por causa da doença. No dia 15, o quadro respiratório piorou e ele teve de serr intubado.

Em conversa com a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o filho do ator, Leonardo Tavares, contou que os médicos disseram que Edson já estava com duas semanas de contaminação antes de ser internado, o que complicou seu caso.

Edson Montenegro se formou em Artes Cênicas pela Escola de Artes Dramáticas da USP (Universidade de São Paulo). Além de ator, ele era cantor e dublador. Também apresentou o programa Zoom, da TV Cultura, e atuou com Giulia Gam, Edson Celulari e Marco Nanini na minissérie Dona Flor e Seus Dois Maridos (1998), da Globo.

No teatro, participou de espetáculos como Hair (1993), Roque Santeiro (2017) e Aparecida, um Musical (2019) --o último escrito por Walcyr Carrasco. No ano passado, chegou a atuar em Donna Summer, que teve sua temporada interrompida por causa da pandemia.

Homenagens de amigos

Miguel Falabella, diretor de Donna Summer, lamentou a morte do amigo em seu perfil no Instagram. "Lembro de sua alegria quando começamos o ensaio de Donna Summer, o musical, e você me disse, carinhosamente, que estava muito feliz porque sempre teve vontade de trabalharmos juntos. Que pena que nosso espetáculo mal chegou a ver a luz antes de ser interrompido por essa pandemia", escreveu.

"Agora, você engrossa a lista dos milhares que se foram e todos os atores do teatro musical hoje ouvem em seus corações a beleza de seu timbre e a doçura de sua voz. Que os anjos estejam a postos para recebê-lo meu querido!", continuou Falabella.

Estrela do musical, a cantora e atriz Karin Hils, do Rouge, também se pronunciou sobre a morte. Parece que eu levei uma pancada na alma. Tá muito difícil de escrever. Vai com Deus, meu pai de mentirinha. Você vai fazer muita falta", homenageou.

Atores como Edson Celulari (de Dona Flor), Luis Miranda, Fabiula Nascimento, Cacau Protásio e Marisa Orth, a atriz mirim Duda Wendling (que atuou em Cúmplices com ele), e os músicos Adryana Ribeiro e Fernandinho Beat Box também mandaram mensagens de apoio.

No início da tarde, o SBT soltou uma nota de pesar dizendo que "lamenta profundamente a morte do ator Edson Montenegro. Na emissora, Edson atuou nas novelas Os Ricos também Choram (2005), como Aldeny; e em 2016, como Padre Lutero, em Cúmplices de um Resgate. O SBT presta solidariedade aos amigos e deseja que Deus conforte sua família".

Confira algumas das homenagens:


Leia também

Enquete

Você acha que a edição 2022 de No Limite vai superar a do ano passado?

Web Stories

+
Resumo de Pantanal: Madeleine sofre tragédia, e Bruaca se choca com podridão do maridoGkay já fez harmonização facial? Veja antes e depois da influenciadoraNovela Pantanal: Descubra quem é Guito, o ator que interpreta Tibério na tramaEnquete: Barraqueiro x Sem graça - Vote no casal que vai gerar caos no Power CoupleFilhos de famosos na TV: Veja artistas que seguiram os passos dos pais em novelas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas